quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Descubra o perfil do estudante de cada curso superior no Brasil

A universidade agrega todos os tipos diferentes de pessoas, de diferentes origens, raças e idade. No meio de tanta gente, você já parou para pensar como seria o perfil do estudante do seu curso? Se reuníssemos todo mundo que cursa Direito em uma pessoa só, como ela seria? Qual seria o sexo dela? Qual seria a idade dela?


Para entender isso, traçamos um perfil baseado nas informações dos alunos dos cursos mais procurados do Ensino Superior no Brasil, a partir dos dados oferecidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Veja a lista abaixo e descubra se você se encaixa com o perfil.





O que podemos entender com isso?

Com base nos resultados, podemos observar que as mulheres são maioria nas turmas de Medicina, Odontologia, Direito e em cursos relacionados à saúde e à educação, enquanto os homens são maioria em cursos de Engenharia e de Ciências Exatas. Entre os estudantes que cursam Medicina atualmente, 57,75% são mulheres - em cursos como Pedagogia, esse número aumenta para 92,7%.

E, falando em Medicina, entre os cursos usados na pesquisa ele é o único em que a maioria dos estudantes se formaram no Ensino Médio particular. Entre os fatores que podem explicar esta questão estão os vestibulares extremamente concorridos das universidades públicas e as altas mensalidades das instituições particulares, que podem passar de 10 mil reais.

Idade

A média de idade desses perfis está entre 20 e 22 anos, sem muita diferença de idade entre o aluno da universidade pública e privada. A taxa de alunos mais velhos, no entanto, é proporcionalmente maior em universidades privadas.

Período

A maioria dos perfis estuda no período noturno, o que é um reflexo do aumento do número de estudantes trabalhadores nas universidades. As instituições públicas contam com mais alunos no período integral, da mesma maneira que cursos como Medicina e Odontologia, já que possuem uma alta carga de estudo extraclasse, dificultando exercer alguma atividade remunerada durante o período do curso. Por outro lado, as instituições privadas possuem muito mais alunos no período noturno, e maioria é de mulheres.

Cor

No geral, pessoas brancas compõem a maioria dos perfis acima: 54% dos estudantes do Ensino Superior no Brasil são brancos, enquanto na população brasileira essa taxa é de 44,2%, segundo o IBGE. Em universidades públicas há mais participação de pretos e pardos do que em instituições privadas, resultado das políticas de cotas implementadas pelo governo.

De onde tiramos isso?

Para realizar esta pesquisa, analisamos os dados do Censo da Educação Superior mais recente, publicado pelo Inep em 2016, com dados de todos os alunos com matrícula ativa nas instituições de Ensino Superior do Brasil.

É importante ressaltar que foi levada em consideração nesse levantamento a moda (o valor mais frequente num conjunto de dados) dos dados dos alunos. E, para nomenclatura e divisão das raças/cores, foi utilizado o padrão do MEC: parda, preta, branca, amarela e indígena.

O que achou do perfil do seu curso? Se identificou? O que mais te impressionou?
___________________________
Conteúdo original na Revista QB.
CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Clique aqui para se cadastrar (link só funciona pelo celular, vai abrir uma conversa no WhatsApp)


CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: