terça-feira, 24 de julho de 2018

Esportes + Internet + Mídia Social = Sucesso

A internet e as redes sociais mudaram a forma como as pessoas interagem ao redor do mundo, mas também têm funcionado como um meio para o desenvolvimento de plataformas que trazem esportes que são muito populares em algumas regiões, como no caso do futebol para o Brasil e Hockey para os Estados Unidos. Os espectadores desses novos mercados antes só tinham acesso ao que a televisão local lhes permitia assistir, mas agora podem se tornar fãs de outros esportes.


Fonte da imagem: Pexels.com

Da Irlanda ao Brasil em apenas alguns cliques

Os Estados Unidos são um país que é tradicionalmente conhecido por esportes como beisebol ou basquete, onde eles têm as ligas mais dominantes do mundo, mas um esporte tão popular no Brasil quanto o futebol teve algumas dificuldades para encontrar plataformas que o aproximassem facilmente das pessoas, já que a liga de futebol local (MLS) não ser tão marcante quanto as ligas de beisebol (MLB) ou de basquete (NBA). Em busca de ampliar a atração para este esporte nos Estados Unidos, Mark Zuckerberg chegou a um acordo com a UEFA e a rede de televisão Fox Sports para transmitir desde o ano passado jogos da Liga dos Campeões gratuitamente através do Facebook, e os resultados têm sido muito satisfatórios, já que como essa rede social agora exibe um dos torneios mais bem sucedidos do mundo a empolgação do público americano em sediar a Copa do Mundo de 2026, junto com o México e o Canadá, está disparando em dimensões fora das expectativas.

No caso do Brasil, o Betway é outro site que funciona como um mostruário para esportes que não são tão populares no país, pois oferece uma grande variedade de esportes para fazer apostas online, como o esporte Gaélico de Hurling, que é muito famoso no norte do Reino Unido, e tem como favoritos para vencer o campeonato deste ano o Galway, com 52,4% de possibilidades a seu favor no All Ireland Senior Hurling Championship 2018.

Por outro lado, um país tão quente como o Brasil também tem acesso através desta plataforma ao hóquei no gelo, que é um dos esportes favoritos nos Estados Unidos e no Canadá. Tanto que eles têm uma liga conjunta chamada NHL, e que também já tem favoritos para vencer a Stanley Cup na temporada atual: Tampa Bay Lightning com 11,1% de possibilidades em 12 de junho. Já o YouTube se tornou uma das plataformas que estiveram na vanguarda dessa abertura desde o seu lançamento em 2005, recebendo mais de 50 mil horas de vídeos por dia, alcançando mais de um bilhão de usuários na atualidade e gerando bilhões de visualizações diárias, incluindo conteúdo esportivo de todo o mundo, como perfis de jogadores, equipes e resumos de jogos.

Fonte da imagem: Pixabay.com

Os videogames também são esportes

Os eSports estão muito perto de se tornar um esporte olímpico, porque, como relatado pela SporTV, a Federação Internacional de eSports está negociando com o Comitê Olímpico Internacional para que estes sejam incluídos nos Jogos Olímpicos em Paris 2024, devido a serem torneios competitivos e para tornar os gamers mais populares em atletas olímpicos. Nesse aspecto, o Twitch é uma das plataformas mais bem sucedidas em trazer torneios competitivos de videogames para todo o mundo.

Por muitos anos os eSports tiveram grande popularidade na Coréia do Sul e os jogadores desse país ficaram famosos por seu desempenho em videogames como League of Legends. No caso deste videogame, um campeonato mundial é organizado todos os anos, e em 2017 este evento atraiu mais de 60 milhões de telespectadores para a plataforma para ver a final do torneio ao vivo, e os vencedores do evento receberam mais de US$ 1.700.000 em prêmios. O 2018 LOL World Championship será realizado na Coréia do Sul, e as equipes locais são as favoritas para serem as vencedoras novamente, apesar de buscarem um lugar no torneio contra competidores de todo o mundo, incluindo times brasileiros como o Flamengo. Os eSports foram tão bem recebidos globalmente que a ESPN já os inclui como parte de sua programação e os torneios realizados atraem patrocinadores como Samsung, Adidas e Red Bull.

Fonte da imagem: LOL Esports via Facebook

As múltiplas plataformas que a internet disponibiliza para todos têm funcionado não apenas para conectar pessoas mas também para aproximá-las de plataformas esportivas e de entretenimento, que até recentemente eram pouco conhecidas fora do seu local de origem. Com as ferramentas que a tecnologia continua a desenvolver, como os smartphones, as barreiras geográficas estão desaparecendo para colocar o mundo nas mãos de todos.
CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: