terça-feira, 13 de outubro de 2015

Distribuição de cargos e vagas por cidade no concurso 2015 do IBGE para nível médio e superior em diversas áreas e todo Brasil

A distribuição de cargos e vagas por cidades e estados, bem como a formação superior exigida, no concurso 2015 para o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) foi divulgada esta semana junto com outros detalhes da forma de seleção como a quantidade de questões das provas, dentre outros. Continue lendo abaixo para conferir.

► COMPARTILHE NO FACEBOOK
► COMPARTILHE VIA WHATSAPP

As informações foram disponibilizadas pela Folha Dirigida, publicação especializada em informações de concursos públicos. Segundo a Folha, teve acesso à tabela com a distribuição das vagas incluída no projeto básico da seleção.

As vagas estão distribuídas em cidades dos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará. Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro (a maior parte das vagas), Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

APOSTILA específica para este concurso ►

FORMAÇÃO EXIGIDA

Para nível médio, cargo de Técnico em Informações Geográficas e Estatística oferece 460 vagas. O salário inicial é de R$ 3.471,85 e pode chegar a R$ 5.011,01 com a Gratificação por Qualificação (GQ) no nível máximo e o auxílio alimentação. Apesar do nome do cargo ter a palavra "técnico", o candidato não precisa ter formação técnica, apenas nível médio comum.

Para nível superior, as áreas de analista e tecnologista contempladas são Auditoria, Estatística, Geografia, Orçamento e Finanças, Biblioteconomia, Análise de Sistemas, Engenharia (várias áreas), Educação - Pedagogia, entre outras que podem ser consultadas na tabela. Estão sendo oferecidas o total de 140 vagas. O salário inicial é de R$ 7.373,49, podendo alcançar o valor de R$ 9.107,88 com as retribuições e benefícios.

PUBLICAÇÃO DE EDITAL

O IBGE, através da Assessoria de Imprensa, informou que irá publicar o edital até dezembro de 2015, antes do prazo fixado pelo Ministério do Planejamento, que termina em 27 de janeiro de 2016. Somente quando edital for publicado teremos acesso a informações como período de inscrição, data da prova, etc. Inclusive, eventualmente a distribuição de cargos e vagas poderá sofrer alterações. Informação atualizada em 19/11/2015: A banca escolhida para fazer este concurso é a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A estrutura do concurso já está definida. Os candidatos às vagas de nível médio responderão a 60 questões objetivas, e os interessados nos cargos de nível superior serão submetidos a 70 questões, exceto Análise de Sistemas que terá 60. Haverá ainda prova discursiva (para Análise de Sistemas) e prática (para tecnologista de Programação Visual).

Para nível médio, a prova terá Português (15 questões), Geografia (15), Raciocínio Lógico (10), Conhecimentos Gerais (10) e Conhecimentos Específicos (10). Já para os cargos de nível superior a prova objetiva será sobre Português, Inglês, Raciocínio Lógico e Conhecimentos Específicos, e a distribuição de questões irá variar de acordo com a área.

EXCEDENTES PODERÃO SER CONVOCADOS

Levando em consideração o último concurso do IBGE, realizado em 2013, e a grande necessidade de funcionários, espera-se que haja muitas contratações. Em 2013, o IBGE esgotou o cadastro de reserva, com o adicional de 50%, antes mesmo do prazo de validade acabar. Segundo informações do IBGE, a oferta era de 420 vagas, mas foram nomeados 630.

Clique aqui para acessar a distribuição de cargos e vagas por cidade no concurso 2015 do IBGE


COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

Um comentário: