segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Merda ajuda apagar incêndio em Bacabal - MA, literalmente

Primeiramente, desculpem pela palavra do título desta reportagem, mas, literalmente, se não fosse a merda, tudo teria pegado fogo. O fato aconteceu na tarde de sábado (10). Um depósito de garrafas pets para reciclagem localizado na rua Frederico Léda, centro de Bacabal, começou a pegar fogo deixando o proprietário e a vizinhança em pânico.

Populares e vizinhos tentaram apagar o fogo, até crianças ajudaram, mas em vão. O incêncio só aumentava cada vez mais. Deveriam ter chamado o Corpo de Bombeiros, mas isso não existe em Bacabal. Em vez disso, tiveram a brilhante e fedorenta ideia de chamar o caminhão limpa fossa.

Em instantes chegou o caminhão-tanque carregado de merda, ainda bem que estava cheio. Em seguida, começaram a despejar merda na área do incêncio e, graças a Deus, apesar do fedor insuportável, conseguiram conter as chamas.


Mas por que não existe Corpo de Bombeiros em Bacabal? Simples, a culpa é dos políticos. Todos eles que foram eleitos com votos de Bacabal, nunca se importaram em trazer esse importante benefício para a população. Preocupam-se apenas em gastar o dinheiro público.

Há quem diga que toda essa merda deveria ser jogada também na cabeça desse políticos que, metaforicamente, são como um incêndio que sugam e destroem todos os recursos públicos.


________________
Fotos: Blog do Sérgio Matias.
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: