quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Qual a diferença entre Prouni, Fies, Sisu e Quero Bolsa?

Todos os programas têm o mesmo objetivo: facilitar o ingresso em cursos superiores no Brasil. No entanto, cada programa tem suas particularidades e condições, conforme explicado detalhadamente a seguir. O Prouni, Fies e Sisu são programas do Governo Federal, já o Quero Bolsa é uma empresa privada que oferece bolsas de estudo.


Encontrar bolsas de estudo

1. Quero Bolsa

O Quero Bolsa é uma empresa privada. No site você encontra informações sobre faculdades e cursos superiores, além de ofertas de bolsas de estudo de até 75%, válidas para todas as mensalidades, até a formatura. No Quero Bolsa você encontra bolsas de estudo para cursos presenciais, semipresenciais e a distância, de graduação e pós-graduação nas áreas da Saúde, Humanas, Exatas e Tecnológicas.

Para participar, não é preciso comprovar renda nem apresentar nota do Enem ou participar de processos seletivos. Basta encontrar a sua bolsa de estudo e garanti-la, por meio do pagamento da pré-matrícula, antes que as bolsas disponíveis acabem.

A pré-matrícula do Quero Bolsa tem no máximo o valor de uma mensalidade sem o desconto e, muitas vezes, fazendo o processo pelo Quero Bolsa, a faculdade isenta o aluno do pagamento da matrícula.


Qual o benefício do Quero Bolsa?
O benefício oferecido pelo Quero Bolsa é a oferta de bolsas de estudo de até 75%, em mais de 1.200 faculdades em todo o Brasil.

Como participar do Quero Bolsa:

1. Acesse o site: www.querobolsa.com.br - clique para acessar.
2. Escolha seu curso e a cidade onde você quer estudar.
3. Escolha a sua bolsa de estudos.
4. Faça a sua pré-matrícula online para garantir a sua bolsa.
5. Imprima o comprovante de pré-matrícula do Quero Bolsa e apresente à faculdade no ato da matrícula.
6. Pronto! O desconto está garantido para todas as mensalidades, até o fim do curso.

VANTAGENS DO QUERO BOLSA

• Ao contrário de outros sites de bolsas de estudo, o Quero Bolsa não cobra nenhuma taxa de renovação da bolsa. A pré-matrícula é única e garante o desconto durante todo o curso.
• Não é necessário ter feito Enem, não é preciso comprovar baixa renda e não há processo seletivo para conseguir a bolsa.
• O aluno termina a faculdade sem dívidas (ao contrário do Fies).
• Oferece programas como o Quero Pontos, pelo qual o aluno pode ganhar bolsas integrais por até um semestre indicando colegas para se matricularem pelo Quero Bolsa.
• Mesmo quem já conseguiu a bolsa pode entrar no programa Guia da Faculdade, pelo qual os universitários podem escrever matérias para a Revista QB e, assim acumular pontos para trocar pelo pagamento de mensalidades.

Desvantagem do Quero Bolsa:
As bolsas de estudo são válidas apenas para alunos ingressantes.

Mais informações sobre o Quero Bolsa no Site do Quero Bolsa.

2. Prouni

O Prouni (Programa Universidade para Todos) é um programa do Governo Federal que oferece bolsas de estudo de 50% a 100%, com base no desempenho dos candidatos no Enem e na renda familiar per capita.

Para participar do processo seletivo do Prouni, é preciso comprovar que a renda total da família, dividida pelo número de pessoas que a compõem, seja de até três salários mínimos. Além disso, é preciso ter feito pelo menos 450 pontos no Enem e não ter zerado a redação. Quanto maior a nota, mais chances o candidato tem de ser chamado.

Confira o calendário do Prouni

Qual o benefício do Prouni?
O benefício oferecido pelo Prouni são bolsas de estudo de 50% e 100% em faculdades particulares de todo o Brasil.

Como participar do Prouni:
1. Fazer Enem.
2. Atingir pontuação mínima de 450 pontos no Enem.
3. Inscrever-se no site http://siteprouni.mec.gov.br, comprovando renda familiar de até três salários mínimos por pessoa.
4. Aguardar chamada do processo seletivo.

Vantagem do Prouni
As bolsas chegam a ser integrais (100%) e o aluno não precisa pagar nada por isso.

Desvantagens do Prouni
O candidato precisa comprovar baixa renda, ter tirado uma nota mínima no Enem e, ainda assim, a bolsa não está garantida, porque ele participará de um processo seletivo. Além disso, se o aluno não comprovar semestralmente que está na faixa de baixa renda, ele pode perder a bolsa no meio do curso.

Mais informações sobre o Prouni: Tudo sobre o Prouni.

3. Fies

O Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) é um programa do Governo Federal de financiamento do curso de faculdade. Ou seja, em vez de o aluno pagar a faculdade, o governo paga o curso e, depois de formado, o estudante paga a dívida ao governo. Na prática, é como se o governo te emprestasse dinheiro para pagar a faculdade.

O financiamento varia de 10% a 100% do valor das mensalidades. O pagamento da dívida deverá ser iniciado logo após a formatura do estudante. O aluno que estiver trabalhando com carteira assinada terá um valor referente à parcela do Fies descontado diretamente na fonte. Caso o estudante não tenha renda, deverá efetuar o pagamento de um valor mínimo, conforme o regulamento do CG-Fies. O prazo limite para quitar a dívida é de quatorze (14) anos.

Entenda a diferença entre Fies e P-Fies

Para participar, o candidato precisa ter marcado pelo menos 450 pontos e não ter zerado a redação do Enem, e comprovar renda familiar de até três salários mínimos por pessoa para a modalidade sem juros e comprovar renda de até 5 salários por pessoa para as modalidades com juros.

Qual o benefício do Fies?
O benefício oferecido pelo Fies é o financiamento de 10% a 100% das mensalidades de faculdades particulares em todo o Brasil.

Como participar do Fies:
1. Ter feito Enem entre os anos de 2010 e 2018.
2. Atingir pontuação mínima de 450 pontos e não ter zerado a redação no Enem.
3. Inscrever-se no site SisFies comprovando renda familiar de até três salários mínimos ou cinco salários mínimos por pessoa, a depender da modalidade.
4. Levar à faculdade a documentação necessária para validação da matrícula com Fies.
5. Contratar financiamento no banco.

Vantagens do Fies
Juros do financiamento são mais baixos do que o de empréstimos comuns e longo prazo para pagamento da dívida. Dependendo da faixa de renda, o aluno não paga juros (modalidade Fies).

Desvantagens do Fies
O candidato precisa comprovar baixa renda e ter tirado uma nota mínima no Enem. Todos os semestres, o aluno precisa cumprir procedimentos burocráticos para a renovação do financiamento. Como o Governo Federal tem cortado a verba do Fies, muitos alunos têm ficado na mão no meio do curso, sem conseguir renovar o benefício.

Quem tem Fies paga mais caro, e diferença vai além dos juros

Mesmo conseguindo um bom financiamento pelo Fies, é importante estar atento aos valores. Levantamento recente da Controladoria Geral da União (CGU) revelou que quem faz faculdade com Fies paga, em média, pelo valor total do curso, mais de R$ 10.500,00 a mais em relação a alunos sem o financiamento, sem contar os juros. Isso porque as mensalidades cobradas de alunos que obtêm o financiamento são, no geral, mais caras. De acordo com o relatório oficial, em 97% dos casos, o aluno com financiamento estudantil obtido via Fies paga, pelo menos, 20% mais caro do que alunos não atendidos pelo programa. O resultado disso é uma dívida maior para pagar depois de se formar. Clique aqui para saber mais.

Mais informações sobre o Fies: Tudo sobre o Fies

4. Sisu

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) é um programa do Governo Federal de seleção para ingresso em faculdades públicas estaduais e federais.

Nem todas as instituições públicas aderiram à seleção por meio do Sisu. Algumas grandes faculdades, como a USP, mesclam as formas de ingresso, usando o Sisu para seleção de algumas vagas e o vestibular tradicional - no caso, a Fuvest - para outras. Unicamp e Unesp, gigantes públicas também do Estado de São Paulo, não aderiram ao Sisu.

Para concorrer a uma vaga em faculdades públicas pelo Sisu é preciso ter feito a última prova do Enem e não ter zerado a redação. As vagas são distribuídas de acordo com o desempenho dos candidatos na prova, considerando a nota mínima e a nota de corte do Sisu para o curso na instituição escolhida. Além disso, as vagas podem ser divididas em cotas sociais, raciais e ampla concorrência.

Para verificar se você teria chances de entrar na faculdade pelo Sisu com a sua nota no Enem, o Quero Bolsa disponibiliza gratuitamente o Simulador de Notas de Corte do Enem.

Confira o calendário do Sisu 2019

Qual o benefício do Sisu?
O benefício oferecido pelo Sisu é o acesso a faculdades públicas de todo o País.

Como participar do Sisu:
1. Fazer Enem.
2. Atingir nota mínima no Enem do curso na faculdade escolhida.
3. Inscrever-se no site http://sisu.mec.gov.br/.

Vantagens do Sisu
O sistema seleciona candidatos a vagas em faculdades públicas, que, além de serem gratuitas, têm boa avaliação no mercado de trabalho.

Desvantagens do Sisu
As vagas em faculdades públicas no Brasil são muito escassas em relação ao número de candidatos. Isso torna o acesso ao ensino público superior muito difícil e restrito aos candidatos que têm mais oportunidades de estudar muito para conseguir uma boa nota no Enem.

Mais informações sobre o Sisu: Tudo sobre o Sisu.
________________________
Texto da Revista Quero Bolsa, parceira do Castro Digital.

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Clique aqui para se cadastrar (link só funciona pelo celular, vai abrir uma conversa no WhatsApp)


CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade ou com informação repetida que já consta na postagem.

0 comentários: