terça-feira, 13 de janeiro de 2015

ENEM via internet é a ideia do ministro da educação, Cid Gomes

ENEM via internet, é a ideia apresentada pelo ministro da Educação do Brasil, Cid Gomes, na tarde desta terça-feira (13) em Brasília - DF, durante entrevista coletiva sobre o balanço da edição 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio.

Compartilhe no Facebook


Ele disse que vai apresentar à presidente Dilma Rousseff um projeto para criação de um sistema que permita a realização do Exame Nacional do Ensino Médio de forma remota, ou seja, um "Enem online". "Devemos trabalhar com a tecnologia para poder ter o Enem o tempo inteiro, toda hora, todo dia. Podemos ter diversos locais pelos país com computadores e salas seguras. Para isso é preciso termos um grande banco de questões", afirmou Gomes.


Atualmente o Enem é realizado uma vez por ano com provas presenciais aplicadas em todo o país durante dois dias consecutivos. Em 2014 foram 8,7 milhões de inscritos ao preço de R$ 52 por aluno, o que dá mais de R$ 450 milhões por edição.

"O Enem tem que contratar gráfica ultra especializada com 500 câmeras. Tem depois que contratar logística de segurança e distribuição. Depois aplicar tudo no mesmo dia, ter todos os cuidados com vazamento. Eu penso que é muito razoável evoluirmos para um sistema remoto, com salas seguras e vigiadas", disse Cid Gomes.

QUESTÕES DO ENEM PODERÃO SER DE CONHECIMENTO PÚBLICO ATES DAS PROVAS SEREM APLICADAS

"Primeiro passo para isso é fazer um grande edital público para professores apresentarem perguntas para tivermos um banco de questões com mais de 8 mil itens. Não precisa ter cuidado, pode ficar aberto para consulta pública. Se aluno conseguir decorar 8 mil questões de matemática é um gênio", declarou o ministro.

PROVAS DE CERTIFICAÇÃO PARA ÁREA DE TI SÃO APLICADAS VIA INTERNET

Embora para alguns a ideia do ministro seja um tanto absurda, ela não é novidade. Empresas de certificação na área de Tecnologia da Informação (TI) aplicam provas via internet. O candidato interessado na certificação pode fazer a prova em qualquer computador conectado à internet mas em caso de qualquer tipo de interferência humana ou de fatores alheios (por exemplo, queda de conexão com a internet, falta de energia elétrica, etc) a prova é cancelada e o candidato tem que pagar novamente para fazer o exame.

O sistema também dispõe de outros dispositivos de segurança para vigiar o candidato, como por exemplo, web câmeras que mostram o candidato em tempo real e sistema de vigilância para verificar se o candidato abre outro programa no computador, a não se o programa em que a prova é exibida.

APLICAÇÃO DE PROVAS DO ENEM É BEM MAIS COMPLEXA

Aplicar as provas do ENEM via internet é algo bem mais complexo e desafiador. Caso o projeto seja realmente implantado, requer muito estudo e testes para verificar e comprovar a eficácia do sigilo na hora da aplicação das provas.

E você, o que acha dessa ideia? Fique a vontade para comentar abaixo.

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Clique aqui para se cadastrar (link só funciona pelo celular, vai abrir uma conversa no WhatsApp)


CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: