sexta-feira, 4 de abril de 2014

Fim da greve 2014 dos policiais e bombeiros militares do Maranhão com intermediação de políticos interessados em votos

A greve 2014 dos policiais e bombeiros militares do estado do Maranhão terminou no início da noite desta sexta-feira (4) após uma reunião entre representantes da categoria e do Governo do Maranhão. A greve durou nove dias, com início dia 26 de março. Os militares voltam ao trabalho já nas primeiras horas deste sábado (5).

Compartilhe no Facebook


Durante a greve os manifestantes ocuparam parte da Câmara Municipal de São Luís, reivindicando melhorias como reajuste salarial de 12%, carga horária de 40 horas semanais, aplicação do código de ética e livre promoção. No interior do estado, os militares paralisaram suas atividades nos batalhões de cidades como Caxias, Pindaré, Barra do Corda, Timon e Bacabal.

Dentre os pontos acordados na negociação estão a anistia aos integrantes do movimento, com o abono de faltas; a proposição de um projeto de lei na Assembleia Legislativa que prevê um novo escalonamento vertical da categoria; e o estabelecimento de uma carga horária de 40 horas semanais de trabalho. Os policiais também se comprometeram a desocupar o estacionamento da Câmara de São Luís, onde estavam acampados.

A íntegra do documento que estabelece o acordo pode ser lido na imagem abaixo. E como podem perceber, por se tratar de ano eleitoral, diversos políticos no meio se dizendo preocupados com os militares, enquanto na verdade, em tempos anteriores não se preocuparam com a situação, apenas estão atrás de garantir seus votos.

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Clique aqui para se cadastrar (link só funciona pelo celular, vai abrir uma conversa no WhatsApp)


CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: