sexta-feira, 26 de julho de 2013

Vídeo de apresentador de TV de Bacabal sendo tirado do ar ao vivo

O apresentador de TV de Bacabal - MA, Randyson Laércio, foi tirado do ar ao vivo na tarde desta sexta-feira (26) quando iniciava a apresentação do seu programa diário Ronda na TV Difusora (SBT). O apresentador foi censurado pela direção da emissora ao expressar e defender seu ponto de vista. Mais abaixo, há o vídeo do apresentador sendo tirado do ar e da entrevista do comando do 15º BPM, motivo da censura.

Compartilhe no Facebook


A confusão é resultado do Bacabal Folia 2013, micareta que aconteceu em Bacabal no último final de semana (dias 19, 20 e 21 de julho). Logo após esta 14º edição do evento, o proprietário, empresário José Clécio, que atualmente também é secretário municipal de cultura de Bacabal, foi para uma emissora de Tv e, além de agradecer a participação do público, alegou que o evento teve prejuízos.

Segundo o empresário, os supostos prejuízos foram causados pela rigorosa fiscalização de segurança executada pelos órgãos públicos. Apesar de não ter citado nomes, ele se referiu à fiscalização que foi feita pelo comando do 15º Batalhão de Polícia Militar de Bacabal, o Tenente-coronel Egídio Amaral, e a titular da Promotoria do Meio Ambiente de Bacabal, Klícia Meneses.

Clécio reclamou da hora exata para terminar a festa, que era 3hs da madrugada. Chegou a afirmar que, se no próximo ano houver esses rigores, o evento pode não acontecer. Clécio afirmou ainda que apoiou a Polícia Militar com o fornecimento de lanche, refeições, hospedagem, combustível e camarote.

Para rebater as afirmações do promotor do evento, o comandante do 15ª BPM concedeu entrevista à equipe da Tv Difusora de Bacabal. Na entrevista, disse que o organizador do evento quer jogar a sociedade de encontro à polícia e disse ainda que o mesmo não cumpriu o TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) que foi feito na promotoria de justiça e relatava as regras de segurança do evento.

Foi exatamente por causa dessa entrevista que o apresentador Randyson Laércio foi tirado do ar ao vivo. Ainda na quinta-feira (25), o programa Ronda na Difusora, que exibiria a entrevista do comandante do 15º BPM, não foi ao ar. E nesta sexta (26), quando iniciava o programa e explicava a situação e defendia a polícia, Randyson foi tirado do ar.

"Hoje no inicio da minha apresentação disse que a atitude da polícia e do ministério público estava correta e que eu não poderia de deixar de ser justo de afirmar, bastou eu falar simplesmente isso a direção geral da emissora determinou que o transmissor fosse desligado fazendo assim que saísse do ar sem dar uma explicação aos meus telespectadores", escreveu Randyson no seu blog. Segundo o apresentador, o organizador do evento entrou em contato com um dos proprietários da emissora para não exibir a entrevista.

Fatos como esses acontecem pelo principal motivo de que a maioria das emissoras de TVs de Bacabal são de propriedade de políticos e atendem seus interesses, com influência de seus aliados "mais chegados." A cidade conta com seis emissoras locais: Tv Mirante (Globo) da Família Sarney; Tv Difusora (SBT) do senador João Alberto e deputado Roberto Costa; Tv Mearim (BAND) do deputado José Vieira Lins; Tv Nova Esperança (Record) do empresário José Clécio, o mesmo já mencionado nesta reportagem; Rede Vida da Igreja Católica e Rede Mundial da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Abaixo, o primeiro vídeo mostra o apresentador sendo tirado do ar, e o segundo, a reportagem censurada com o comando do 15º BPM. O Portal Castro Digital, através da página de contato, está a disposição de todas as pessoas mencionadas nesta reportagem.





CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Clique aqui para se cadastrar (link só funciona pelo celular, vai abrir uma conversa no WhatsApp)


CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

Um comentário:

  1. Censura, vergonha, lamentável. Esse mal "elemento" secretário de cultura tem que ser exonerado do cargo.

    ResponderExcluir