quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Cemar corta luz da Prefeitura de Bacabal pela segunda vez

A luz da Prefeitura de Bacabal foi cortada pela Cemar na manhã desta quinta-feira (11). Esta é a segunda vez que isso acontece na administração do atual prefeito, Raimundo Nonato Lisboa.

E o pior disso é que há indícios de que outros prédios públicos municipais, onde funcionam secretarias e escolas, também podem ter o fornecimento de energia interrompido. A primeira vez que a Companhia Energética do Maranhão (CEMAR) cortou a luz da prefeitura de Bacabal foi em dezembro de 2011.

Como sabemos, Lisboa já chegou até a ser chamado de Lismal pelos funcionários públicos municipais, pois o prefeito não paga o salário deles em dias há tempos. Lamentável que fatos como esses aconteçam em Bacabal.


E como o candidato a prefeito (Zé Vieira e Patrícia Vieira) apoiado por Lisboa nas Eleições 2012 perdeu, a tendência é que até o final do ano, as contas da prefeitura continuem atrasadas.
CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Clique aqui para se cadastrar (link só funciona pelo celular, vai abrir uma conversa no WhatsApp)


CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: