quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Justiça determina pagamento de funcionários públicos de Bacabal com salários atrasados

EM PRIMEIRA MÃO - A Justiça de Bacabal, através do juiz da 1ª vara, Celso Aranha Pinheiro Júnior, expediu uma liminar que determina o pagamento do salário atrasado dos funcionários públicos de Bacabal. O prefeito Raimundo Nonato Lisboa não paga os servidores há cerca de três meses, e esse atraso não é novidade, ele sempre atrasou os pagamentos.

O que você acha dessa decisão? Comente com seu perfil do Facebook ou Google/Blogger.

A liminar foi expedida na quarta-feira (29) e atende a pedido do Ministério Público Estadual e dos servidores. A decisão judicial determina o desconto de 60% do dinheiro proveniente do Fundo de Participação do Município (FPM) de Bacabal para pagar os salários atrasados dos servidores, o que equivale a mais de R$ 200 mil.

Para tomar essa decisão, o juiz Celso Aranha constatou que o prefeito de Bacabal, Raimundo Lisboa, e o secretário de saúde, Lílio Estrela, praticaram ato de improbidade administrativa ao deixarem de fazer o pagamento em dias dos salários dos servidores municipais da saúde. Eles também são acusados de deixarem de fornecer um atendimento adequado à saúde da população, deixando faltar medicamentos e equipamentos para atendimento ambulatorial e de internação.

O juiz estabeleceu o prazo de 48 horas para o cumprimento das determinações por parte do prefeito, caso não cumpra a decisão judicial, será aplicada uma multa no valor de R$ 5 mil por dia para cada servidor com salário atrasado.

O FPM é uma transferência constitucional da União para os Estados e o Distrito Federal, composto de 22,5% da arrecadação do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). A distribuição dos recursos aos Municípios é feita de acordo com o número de habitantes, onde são fixadas faixas populacionais, cabendo a cada uma delas um coeficiente individual.

E se o prefeito de Bacabal não pagar os salários atrasados dos funcionários até o dia 31 de dezembro, depois que ele sair da prefeitura, tchau salário! O que estiver atrasado nunca mais será pago, é assim que os gestores municipais sempre fazem.

ATUALIZAÇÃO
Na semana seguinte ao bloqueio, o desembargador de justiça Guerreiro Júnior expediu uma liminar derrubando a decisão do juiz e liberando o dinheiro para a prefeitura. E para os servidores, nada de pagamento de salários.
_______________________
Com a contribuição da jornalista Darlen Parente.
CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Clique aqui para se cadastrar (link só funciona pelo celular, vai abrir uma conversa no WhatsApp)


CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: