quarta-feira, 27 de junho de 2012

34 presos do 1° DP de Bacabal são transferidos para o presídio do Piratininga

A pedido da justiça, trinta e quatro presos do 1° Distrito Policial de Bacabal foram transferidos para o Presídio do povoado Piratininga, construído recentemente a cerca de 16 km da cidade às margens da BR 316.

A rua onde fica o 1° DP, no centro de Bacabal, teve que ser interditada. Em frente ao prédio, parentes e amigos aguardavam a saída dos presos. Um forte esquema policial foi montado para formar o comboio até a unidade prisional.

A Unidade Prisional de Ressocialização de Bacabal inaugurada no início deste mes, só agora recebeu os primeiros presos, todos provisórios, que respondem pelos crimes de homicidio, tráfico de drogas e latrocínio roubo seguido de morte. De acordo com a polícia, apenas três presos continuam na delegacia em Bacabal.
CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Clique aqui para se cadastrar (link só funciona pelo celular, vai abrir uma conversa no WhatsApp)


CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: