quarta-feira, 9 de maio de 2012

Menina albina de 15 anos é assassinada no Burundi, África

Um grupo armado sequestrou, assassinou e desmembrou uma adolescente albina. O crime é o décimo-oitavo do gênero em menos de 4 anos.

Pessoas com albinismo têm sido alvo de discriminação em diversos países africanos. Em algumas regiões, poderes especiais são atribuídos aos albinos e os membros das vítimas às vezes são vendidos para bruxaria. No mais recente ataque, na noite de sábado (29 de abril), 7 homens armados com lanças, machados e um rifle invadiram uma residência perto da capital Bujumbura e raptaram uma jovem de 15 anos. O grupo a matou e decepou seus braços e pernas, os quais levaram consigo.

Desde agosto de 2008, 18 albinos foram mortos.
A taxa de assassinatos caiu depois de agosto de 2009, quando 8 pessoas foram condenadas pela morte de albinos. Kassim Kazungu, president do grupo Albinos Sans Frontieres, denunciou que o governo estava falhando em proteger os albinos e disse que todos os condenados à prisão pelos crimes contra albinos escaparam.
________________
Referência: traduzido pelo Blog do Albino Incoerente.
CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Clique aqui para se cadastrar (link só funciona pelo celular, vai abrir uma conversa no WhatsApp)


CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: