sábado, 31 de dezembro de 2011

BR 135 é a estrada mais perigosa do Maranhão

A BR-135 é a estrada mais perigosa do Maranhão. A rodovia é a única via de acesso terrestre à capital do estado, São Luis.

Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), só este ano de 2011, foram registrados oitocentos e setenta acidentes.

Como o tráfego é intenso nesse período da virada, a PRF instalou um radar para medir a velocidade dos veículos na BR. O resultado é assustador: a cada minuto, três condutores são multados por trafegar em velocidade acima da permitida.

O trecho mais perigoso da rodovia é o Campo de Perizes, uma reta entre o munícipio de Bacabeira e a ponte do estreito dos Mosquitos, que separa a ilha de São Luis do continente.

Neste trecho são registrados os maiores números de imprudências e principalmente, acidentes com mortes.
________________
Referência: com base em reportagem da Tv Mirante, via IMirante.
CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Clique aqui para se cadastrar (link só funciona pelo celular, vai abrir uma conversa no WhatsApp)


CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: