domingo, 7 de novembro de 2010

MP de Bacabal promoveu 'Caminhada da Cidadania' contra o crack

O Ministério Público (MP), através da 4ª Promotoria da Infância e Juventude de Bacabal e da Polícia Militar, com o Grupo Especial de Apoio às Escolas - GEAP, realizaram na última sexta-feira (5) mais uma etapa da mobilização contra o crack na cidade. Na ocasião, aconteceu a "Caminhada da Cidadania" e uma solenidade com palestras esclarecedoras sobre drogas, em especial o crack.

A caminhada, com cerca de 5 mil pessoas, saiu do Fórum de Justiça de Bacabal, percorreu várias ruas da cidade e terminou do Templo Central da Assembléia de Deus. A caminhada serviu para chamar a atenção da sociedade sobre os riscos das drogas que possuem poder devastador para usuários e seus familiares.

A solenidade na Assembléia de Deus, contou com a participação da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (AMPEM), representantes do Ministério Público, Judiciário, Polícias Militar e Civil, Poder Público Municipal, Igrejas Católica e Evangélica, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA), Associação Comercial de Bacabal, escolas e comunidade em geral

O coordenador dos trabalhos, promotor de Justiça Luis Gonzaga Martins Coelho, disse que a ideia de realizar a mobilização partiu das demandas recorrentes na 4ª Promotoria da Infância e Juventude de Bacabal, da qual é titular, onde corriqueiramente chegam relatos de pais e familiares aflitos , sem saber o que fazer com a dependência causada pelas drogas.

Na solenidade o promotor fez a entrega da minuta do projeto de lei que dispõe sobre a criação do Conselho Municipal Antidrogas aos chefes dos poderes Executivo e Legislativo local. O projeto prevê a criação do Fundo Bacabalense da Criança e do Adolescente, a ser executado em parceria com organizações não-governamentais, poder público e iniciativa privada, com o objetivo principal de angariar fundos para financiar projetos direcionados a pessoas em situação de vulnerabilidade no município.

O projeto propõe uma estratégia eficiente na gestão de políticas públicas capaz de revelar ótimos resultados. A estratégia refere-se à parceria entre instituições públicas, privadas e do terceiro setor no sentido de fortalecer a gestão solidária e corresponsável. As ações previstas no projeto visam melhorar a condição de cidadania dos sujeitos assistidos através da inserção em atividades que possam contribuir para o aumento da qualidade de vida dos contemplados.

A atividade contou ainda com a realização de duas palestras. Uma delas com o tema "Enfrentamento social e comunitário do uso do crack e outras drogas", proferida pelo psiquiatra Ruy Palhano. Quem também deu importante contribuição foi o coordenador do departamento de educação fiscal da Receita Federal, Américo Rodrigues da Silva, que falou sobre o tema "Financiamento na área da infância e juventude: incentivo à dedução do imposto de renda por pessoas físicas e jurídicas".



_________________
Referência: informações do JusBrasil e fotos por Dayane de Jesus e Michaellen Oliveira do Jornal O Mearim.


CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Clique aqui para se cadastrar (link só funciona pelo celular, vai abrir uma conversa no WhatsApp)


CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade ou com informação repetida que já consta na postagem.

0 comentários: