sexta-feira, 10 de abril de 2009

História da cidade de Bacabal - MA

Dia 17 de abril é o aniversário da cidade de Bacabal. Aqui está um pouco sobre a história dessa cidade, uma das maiores e mais importante do estado do Maranhão. A cidade está localizada a cerca de 260 km de São Luis, capital do estado. Nossas coordenadas geográficas são 4°13′30″S, 44°46′48″W. O município tem 102,265 habitantes (IBGE/2010) e 1.683 km². Foi criado em 1920.

COMPARTILHE NO FACEBOOK

COMO TUDO COMEÇOU

A inicialização do território de Bacabal data de 1876, quando o Coronel Lourenço Vieira da Silva chegou à região, em busca de terras próprias para a agricultura e fundou a fazenda com sede no local onde se localiza atualmente a Praça Nossa Senhora da Conceição. Sobrevindo a abolição da escravatura, o Coronel Raimundo Alves de Abreu adquiriu a propriedade que passou a ser conhecida como Sítio dos Abreu.


Graças a fertilidade do terreno, topografia privilegiada e recursos naturais, o Sítio prosperou rapidamente. A grande afluência de imigrantes, principalmente nordestinos, muito contribuiu também para o desenvolvimento agrícola.

Em 1920, o lugarejo recebeu foros de distrito e autonomia municipal. Seu topônimo - Bacabal - deveu-se à grande quantidade de bacaba (palmeira nativa da região) existente na localidade quando de sua fundação.

Formação administrativa e judiciária

Em 17 de abril de 1920, a Lei estadual nº 932 criou o distrito e o Município, com território desmembrado de são Luiz Gonzaga do Maranhão. A instalação ocorreu a 07 de setembro do mesmo ano.

Bacabal é, desde a sua fundação, município-distrito. Sofreu desmembramentos em 1961, para formação dos municípios de Lago Verde (Lei nº 2.157, de 30 de novembro), Olho d'água das Cunhãs (Lei nº 2.158, de 30 de novembro), e São Mateus do Maranhão (Lei nº 2.170, de 26 de dezembro). Em 1996 foi desmembrado o município de Bom Lugar.

É sede de Comarca, criada em 1944 e instalada em 26 de março de 1945, havendo passado a 3ª entrância em 4 de dezembro de 1967, segundo a Lei nº 2.814. Tem jurisdição, também sobre o Município de São Mateus do Maranhão.

Urbanização

A cidade que se liga a BR-316 por uma ponte de concreto sobre o rio Mearim. Conta com diversas ruas, avenidas e bairros. Hoje praticamente toda cidade é pavimentada, inclusive os bairros mais pobres.

A iluminação elétrica, inaugurada em 1931, teve sua primeira usina substituída por outra mais possante, estando atualmente, sob responsabilidade da CEMAR.

A corrente distribuída é de 220 volts, frequência de 60 ciclos/segundo e o Município está recebendo energia da Hidrelétrica de Boa Esperança.

Religião

O culto católico é praticado em diversas igrejas das quais a Catedral de Santa Terezinha, matriz de São Francisco das Chagas (cuja paróquia tem jurisdição sobre as capelas das cidades de Bom Lugar e Lago Verde), Igreja de Sant'Ana e 15 capelas.

Em novembro de 1968 foi instalada a Diocese de Bacabal, com a posse de D. Pascásio Rettler.

O culto evangélico é praticado pela Igreja Evangélica Assembleia de Deus em um templo sede e igrejas filiadas em praticamente todos os bairros - denominadas de congregações.

Entre as igrejas protestantes citam-se a Batista Pioneira, Adventista do 7º Dia, Primeira Igreja Batista, Igreja Presbiteriana do Brasil, Igreja Universal do Reino de Deus e a Igreja Batista da Paz.

Geografia

A área municipal é estimada em 1.609 km², depois dos desmembramentos havidos. Limita-se com os municípios de Vitória do Mearim, Lago Verde, São Luis Gonzaga do Maranhão, Lago do Junco, São Mateus do Maranhão, Bom Lugar, Olho D'água da Cunhãs e Pio XII.

O clima é quente, úmido, quase constante. Prolonga-se de janeiro a junho a época normal de chuvas. Os meses de agosto a outubro são os mais quentes, as temperaturas passam facilmente dos 35 graus.

Entre os principais acidentes geográficos, o principal é o rio Mearim que, atingindo o Município pela parte sul no lugar Vila Velha, alcança o norte em Lage do Curral, prosseguindo até o limite com Vitória do Mearim. É navegável e bastante piscoso. Foi, até o advento das rodovias, o veículo natural de comunicação do Município. Há também o igarapé Ipixuna, piscoso, que penetra na parte sul do Município, atravessa a rodovia BR-316 e desagua no Mearim, com o nome de Ipixuna-Açu.

Demografia

Bacabal vem apresentando extraordinário surto demográfico. Em 1950, segundo o recenseamento, a população do município era de 54.949 habitantes. De acordo com o censo de 2000, a população se compunha de 91.823 pessoas habitantes, sendo 44.052 homens e 47.771 mulheres. Deste total de habitantes, 71.408 residem na zona urbana e 20.415 na zona rural. Atualmente a população está em mais de 100 mil pessoas.

Econômia, educação e infra-estrutura

Bacabal atualmente é uma espécie de centro econômico regional. O comércio está baseado no fornecimento de produtos e serviços.

Contamos com as agências bancárias do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Banco da Amazônia e Banco do Nordeste.

Na agricultura produzimos e comercializamos arroz, feijão, milho, farinha de mandioca dentre outros. A cidade também é uma grande produtora de gado bovino.

Na educação temos diversas escolas públicas e particulares referências regionais. Campus universitários da UEMA - Universidade Estadual do Maranhão, UNICELMA e outras faculdades que oferecem pós graduação.

A conexão a internet é feita por diversas empresas provedoras via rádio e pelo Velox da Oi. Temos sinal de celular das operadoras Vivo, Oi, Tim e Claro. A telefonia fixa fica a cargo da Oi Fixo.

Bacabal é chamada carinhosamente por seus moradores de Bacabas'City.
CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS DE BACABAL!


Localização de Bacabal no mapa do Maranhão

DADOS RESUMIDOS SOBRE A CIDADE
Fundação: 17 de abril de 1920
Gentílico: Bacabalense
Unidade federativa: Maranhão
Mesorregião: Centro Maranhense IBGE/2008
Microrregião: Médio Mearim IBGE/2008
Municípios limítrofes: Vitória do Mearim, Lago Verde, São Luis Gonzaga do Maranhão, Lago do Junco, São Mateus do Maranhão, Bom Lugar, Olho D'água da Cunhãs e Pio XII
Distância até a capital: 260 KM
Área: 1.682,601 km²
População: 102 mil habitantes - IBGE/2010
Densidade: 57,6 hab./km²
Altitude: 38 metros
Clima: Tropical
Fuso horário: UTC-3
IDH: 0,623 médio PNUD/2000
PIB: R$ 378.307 mil IBGE/2005
PIB per capita: R$ 3.936,00 IBGE/2005

MAPA DA CIDADE DE BACABAL

Exibir mapa ampliado


Bacabal tem esse nome devido à grande quantidade de palmeira bacaba na região na época da fundação, daí onde tem muita Bacaba é um Bacabal.
Bacaba - Palmeira que deu origem ao nome da cidade

CADASTRE SEU WHATSAPP PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Clique aqui para se cadastrar (link só funciona pelo celular, vai abrir uma conversa no WhatsApp)


CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade ou com informação repetida que já consta na postagem.

3 comentários:

  1. Bom dia. Moro em Assú/ RN. Estou conhecendo a cidade de vocês através da internet e estou encantada. Parabéns por todas as belezas naturaias das quais Bacabal dispõe.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns minha querida Bacabal pelos seus 92 anos de emancipação, cidade que tanto amo , felicidades a todos os Bacabalenses!!

    ResponderExcluir
  3. É tão gratificante rever a história da minha terra natal, sinto-me trsite longe da minha terra, amanhã completará 99 anos queria estar presente mas infelizmente não vivo mais no Maranhão...

    ResponderExcluir