quarta-feira, 15 de março de 2017

Lista de deputados do Maranhão que votaram contra os professores e a favor da MP de Flávio Dino que altera o Estatuto do Magistério

Confira a lista de deputados estaduais do Maranhão que votaram contra os professores da rede estadual e a favor da Medida Provisória 230/17 editada pelo governador Flávio Dino. A MP em questão altera o Estatuto do Magistério do Maranhão no que diz respeito ao reajuste salarial.



Com a aprovação da MP, Flávio Dino congela o salário dos professores e concede aumento somente na Gratificação de Atividade do Magistério (GAM), deixando de conceder o reajuste em cima da remuneração básica, conforme determina a Lei do Piso e o próprio Estatuto, e consequentemente deixando de reajustar todas as demais gratificações relacionadas ao salário básico (gratificação por tempo de serviço, por titulação, etc).

Os referidos deputados, além de serem pau mandado de Flávio Dino, também são traidores e covardes, pois a votação estava marcada para esta quinta (16) e resolveram antecipar de última hora para quarta-feira (15), para que não fossem importunados pela presença e protesto de professores. Mesmo assim, sendo pegos de surpresa, a categoria compareceu em massa a Assembleia Legislativa do Maranhão e lotou a galeria.


E o Sinproesemma (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Estado do Maranhão)? O sindicato que deveria defender a categoria de professores do Maranhão, atualmente é governado por membros do PCdoB, o mesmo partido de Dino, o sindicato defende e apoia exclusivamente os interesses do governador, e não mais dos professores. Flávio Dino não concedeu os reajustes salariais de 2016 (11,36%) e de 2017 (7%) e o Sinproesemma "pelegamente" não fez nenhuma mobilização no sentido de cobrar os reajustes.


Lista dos Deputados que votaram a FAVOR do Governo e CONTRA OS PROFESSORES
1- Ana do Gás - PCdoB
2- Antonio Pereira - DEM
3- Bira do Pindare - PSB
4- Cabo Campos - DEM
5- Leo Cunha - PSC
6- Levi Pontes - PCdoB
7- Édson Araújo - PSL
8- Fabio Braga - SD
9- Fabio Macedo - PDT
10- Glaubert Cutrim - PDT
11- Hemeterio Weba - PV
12- Junior Verde - PRB
13- Othelino Neto - PCdoB
14- Paulo Neto - PSDC
15- Prof Marco Aurélio - PCdoB
16- Rafael Leitoa - PDT
17- Raimundo Cutrim - PCdoB
18- Ricardo Rios - SD
19- Rigo Teles - PV
20- Rogério Cafeteira - PSB
21- Stênio Rezende - PRTB

Ausentes e/ou OMISSOS
1- Carlinhos Florêncio - PHS
2- Edivaldo Holanda - PTC
3- Francisca Primo - PCdoB
4- Josimar de Maranhãozinho - PR
5- Nina Melo - PMDB
6- Roberto Costa - PMDB
7- Sérgio Frota - PSDB
8- Vinícius Louro - PR
9- Valéria Macedo
10- Zé Inácio - PT
CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

3 comentários:

  1. porra, o pais estar em crise, o maranhão e o estado que mais paga bem e em dias ate antecipado o professor em relação aos outros estados que ate hoje já verifiquei que nem o decimo terceiro salário pagou e vocês ainda reclama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O estado não estar fazendo mais do que o dever de pagar em dias.O que não pode é retroceder um direito conquistado.

      Excluir
  2. A questão não é aqui estar em dia e os outros estados estarem atrasados. Quem gosta de trabalhar sem receber? O problema é a forma covarde com que estão acabando com todos os direitos da população. Tem que reivindicar sim.

    ResponderExcluir