terça-feira, 6 de outubro de 2015

Há aplicativo que descobre valor do imóvel?

A utilização de tecnologia móvel é cada vez mais um requisito para quem pretende singrar no mundo dos negócios. Sejamos honestos, a faixa de população que tem tempo para se sentar à frente do computador pessoal e passar horas á procura de uma casa é cada vez mais reduzida, sendo que a utilização de smartphones, tablets e outros utensílios móveis permitem o acesso rápido a todas as informações necessárias bastando ter apenas uma ligação à internet.

► COMPARTILHE NO FACEBOOK
► COMPARTILHE VIA WHATSAPP

O mercado imobiliário tem tentado acompanhar esta nova tendência e procurar desenvolver aplicativos para corresponder às necessidades do mercado. Neste sentido, no artigo iremos apresentar o aplicativo ZAP, que tem conhecido um aumento significativo de popularidade devido ao fato de ser muito prático de utilizar e ter uma base de dados com um tamanho significativo, sendo uma ferramenta muito útil para todos os agentes imobiliários.


ZAP

O ZAP Imóveis é hoje em dia o maior aplicativo Android e iOS para imóveis no Brasil, tem a possibilidade de baixar tanto na Google Play Store, como na Apple Store e permite-lhe encontrar casas, apartamentos e imóveis para comprar e alugar, portanto, se pretender um dia, por exemplo, procurar apartamentos para alugar em Fortaleza, ZAP é a ferramenta perfeita para conseguir esse objetivo com celeridade.

Características gerais

A ferramenta ZAP, como já foi referida, consiste no maior portal de imóveis do Brasil, onde você pode encontrar a tipologia de imóvel desejada e o tipo de negócio que pretende fechar. Pode encontrar os imóveis que você deseja por um critério de distância, simplesmente procura na aplicação de localização Google a localidade onde você deseja residir e de seguida procura o marcador correspondente ao imóvel.

Pode filtrar a sua busca por algumas características já pré definidas pela ferramenta, como: o tipo de imóvel, a faixa de valor, o número de quartos ou suites, as vagas de garagem existentes e a área útil do imóvel. A organização também é um ponto considerado nesta ferramenta, onde você pode escolher visualizar a informação ou em mapa, ou em alternativa, em lista.

Passando ao imóvel propriamente dito, não é por ser em tecnologia móvel que você fica privado de verificar o que pode vir a adquirir. ZAP permite-lhe ter acesso a todas as fotos e detalhes dos imóveis que você encontrou na sua pesquisa, tornando a busca mais eficiente e uma escolha ainda mais rápida.

Ao nível do negócio propriamente dito, o aplicativo ZAP permite que contate diretamente o anunciante quer por via email, quer por via telefónica. Outras funcionalidades do ZAP incluem a verificação da distância dos imóveis até um ponto de referência que você pode determinar, como por exemplo, qual seria a distância do imóvel a uma escola, local de trabalho, hospital ou inclusivamente a casa de um familiar. Pode inclusivamente guardar as suas buscas para as pesquisar quando tiver mais tempo e finalmente, tem ainda a possibilidade de poder cadastrar os seus próprios anúncios.

Conclusão

São todas as funcionalidades indicadas que tornam ZAP no aplicativo e portais mais vistos do Brasil. A tecnologia imóvel será cada vez mais utilizada para propiciar estes negócios, mais aplicativos certamente se seguirão e é importante estar a par das novidades tecnológicas para poder fechar os melhores negócios.

COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: