sábado, 25 de abril de 2015

Previsão de concurso 2015 para o Ministério da Fazenda com mais de 5 mil vagas para nível médio e superior

O Ministério da Fazenda confirmou que fez o pedido de autorização para realizar o concurso público com a oferta de 5.500 vagas distribuídas em cargos de nível médio e superior. O Pedido foi feito ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, órgão que analisa e autoriza a realização de concursos federais, de acordo com o orçamento previsto.

► COMPARTILHE NO FACEBOOK

Do total de vagas, 3 mil são para o cargo de assistente técnico-administrativo, que exige escolaridade de nível médio e o salário é de R$ 3.671,82 por mês, já no início da carreira. Outras 500 vagas pedidas são para analista técnico-administrativo, que exige formação de nível superior, com salário de R$ 4.884,02.

APOSTILAS específicas para os cargos deste concurso podem ser obtidas nos banners ao lado ►

Além dessas oportunidades, o Ministério da Fazenda solicitou ao Ministério do Planejamento uma seleção para auditor-fiscal e analista-tributário, para atuação na Receita Federal, autarquia vinculada. O pedido foi de 2 mil vagas para a primeira função, com salário de R$ 16.116,94; e para analista, carreira que tem salário de R$ 9.629,42, o quantitativo de vagas ainda não foi informado. Ambas exigem ensino superior em qualquer área.

O número solicitado é criticado pelos sindicatos das categorias, que alegam estar abaixo da demanda atual. Para o Sindfazenda, a oferta deveria ser de pelo menos 5 mil vagas, que é o déficit apontado por um levantamento feito pelo próprio Ministério da Fazenda, ainda em 2013. O sindicato dos analistas (Sindireceita) defende o preenchimento de 1.800 vagas por ano, para reverter o déficit de mais de 9 mil servidores no cargo.

Os interessados neste certame já devem iniciar os estudos e se preparar para a seleção, que promete ser bastante concorrida. Especialistas garantem que, pelo fato de todos os concursos da Fazenda serem organizados pela Escola de Administração Fazendária (Esaf), o conteúdo programático e a estrutura das provas deverão ser praticamente os mesmos dos concursos anteriores.

O Ministério da Fazenda não divulgou informações específicas (cronograma, lotação, etc) sobre o novo certame. No entanto, espera-se que este concurso seja autorizado logo para ser realizado ainda em 2015, ou no máximo, início de 2016.

DICA: ESTUDE POR APOSTILAS BASEADAS NOS EDITAIS DOS CONCURSOS PASSADOS

Uma ótima maneira de começar a estudar para este concurso é obtendo as apostilas disponibilizadas nos banners ao lado e se baseando pelos editais e provas dos concursos passados, cujos links estão mais abaixo.

O último concurso para nível médio foi realizado em 2014, com a oferta de 1.026 vagas distribuídas em diversas cidades do Brasil. Todos os aprovados dentro do número de vagas foram convocados para tomar posse.

Já o último concurso para nível superior foi realizado em 2013 e exigiu formação em qualquer área, Pedagogia, Contabilidade e Engenharia. A oferta foi de mais de 400 vagas na época, distribuídas em diversos estados brasileiros.

Para analista, o último concurso ocorreu em 2014 e para auditor-fiscal, foi em 2012 e 2014. Os links para acessar os editais e provas com gabaritos de todos estes concursos estão logo abaixo.

Concurso 2014 do Ministério da Fazenda para nível médio

Concurso 2013 do Ministério da Fazenda para nível superior

Concurso 2014 para Auditor-fiscal da Receita Federal

Concurso 2012 para Analista e Auditor da Receita Federal


COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: