quarta-feira, 26 de março de 2014

Greve da Polícia Militar do Maranhão a partir desta quarta-feira, 26 de março, saiba os motivos

Policiais Militares do estado do Maranhão decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira, 26 de março. A assembleia geral da categoria aconteceu na sede da FETIEMA, na capital São Luis. Seguindo a decisão da categoria, policiais dos batalhões e companhias de polícia do interior do estado também aderiram à greve.

Compartilhe no Facebook


Em São Luís, os policiais militares em greve estão concentrados no estacionamento da Câmara Municipal. Em Bacabal, policiais e viaturas da cidade e região
estão concentrados na sede do 15º Batalhão de Polícia Militar, na estrada da Bela Vista.

Policiais militares de outras cidades, como Imperatriz, Caxias, Timon, etc, também já aderiram à greve.

POR QUE OS POLICIAIS MILITARES DO MARANHÃO ESTÃO EM GREVE?

Os militares reclamam do reajuste salarial de apenas 7% concedido pela governadora Roseana Sarney à categoria. Os policiais afirmam que não se trata de aumento, mas de reposição salarial, pois refere-se às perdas salariais e não a aumento real de vencimentos.

Os policiais militares pedem implantação de reajuste de 18% (mesmo percentual que foi concedido a servidores estaduais de outras categorias) e das perdas salariais, além de mudanças nos critérios de escalonamento, promoção e jornada de trabalho.

Segundo os policiais e bombeiros, "sempre que se concede um reajuste a servidores públicos, a categoria fica de fora, e o reajuste anunciado recentemente, de 7%, não é um aumento real, pois é referente ao acordo firmado em 2011".

COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: