terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Polícia de Bacabal apreende Galego, menor homicida de alta periculosidade que implanta terror na cidade

Uma megaoperação da Polícia Militar de Bacabal sob o comando do Tenente-coronel Egídio, apreendeu na manhã do dia 20, às 11h30min, na rua do Cajueiro, Bacabal, o menor das iniciais V. B. S., 17 anos, conhecido por “Galego”, de alta periculosidade, acusado de assassinato e que nos últimos dias implantou o terror na cidade. Ele reside na Rua 05, Frei Solano.

Compartilhe no Facebook


O mesmo na madrugada do dia 20, por volta de 01h30min, assassinou com um tiro na cabeça, sem nenhum motivo aparente o jovem Gledyson Gomes Vieira, 19 anos. Gladyson estava sentado na porta da sua casa e conversava com um amigo quando Galego passou numa bicicleta. Ao ouvir os jovens conversando, Galego retornou e perguntou se falavam da sua pessoa. Os mesmos responderam que não. Mesmo assim, friamente, atirou mortalmente na cabeça de Gladyson que veio a óbito. Gladyson, não tinha passagem na Delegacia e tinha contrato com o time do Mogi-Mirim de São Paulo, para onde viajaria na próxima sexta-feira.


Apesar da menoridade, GALEGO é conhecido por ser destemido, frio e calculista, sempre agindo com violência. GALEGO, sempre andou armado e apesar de jovem, sempre impôs respeito no meio em que convive onde é considerado de alta periculosidade, até mesmo pelos seus comparsas que o temem. Apreendido algumas vezes, sempre que em liberdade voltava a cometer delitos, inclusive, fugiu de onde estava internado para recuperação de menores, na cidade de São Luis.

No último dia 19, domingo, por volta das 02h35min da madrugada, segundo informes uma pessoa conhecida por LEANDRO, teria disparado várias vezes contra Jorge Wilson Mendes da Silva, vulgo "Rincon", de 34 anos, e Luís Sérgio da Silva Lira, de 37anos, os dois foram atingidos por vários tiros, principalmente nas pernas, fato ocorrido no Bairro Novo Bacabal. LEANDRO, que pilotava uma moto teria sido o autor dos disparos. Porém, algumas pessoas que presenciaram o fato, teriam afirmado que GALEGO seria o ocupante da garupa da motocicleta conduzida por Leandro. RINCON teria sido vítima de tentativa de homicídio por parte de Leandro, no último dia 18, quando este disparou várias vezes contra RINCON, que se encontrava numa festa, não sendo o mesmo alvejado. RINCÓN é acusado de ter assassinado o pai de GALEGO.

Não saciado, por volta das 13h00 do dia 19, GALEGO, também no Bairro Novo Bacabal, atirou e feriu gravemente o também homicida Jardel Morais de Oliveira, de 24 anos, morador do bairro Pantanal, mas que havia se mudado para o Novo Bacabal justamente por temer ser morto. JARDEL tem várias passagens por roubo e homicídios, inclusive alguns roubos praticados em companhia de GALEGO de quem era comparsa. JARDEL foi operado, mas seu estado de saúde é considerado grave.


Na delegacia, GALEGO (foto ao lado), confessa apenas a tentativa de homicídio contra JARDEL e o homicídio contra GLADYSON. No dia 05 de novembro de 2013, GALEGO foi apreendido, acusado de tentar homicidar no Bairro Trizidela em Bacabal, um jovem conhecido por “Lourinho” que foi atingido por três disparos de arma de fogo e que teria uma “lista” de pessoas para matar. Um dos nomes seria a do apresentador RANDISON LAÉRCIO, da TV Difusora, afiliada do SBT. Na oportunidade, negou todas as acusações.

A apreensão de Galego já foi comunicada pela polícia às autoridades competentes. Também participaram da Operação os Tenentes PM Saraiva e André Luis; os Cabos PM Lira e Gilton e os Soldados PM Cleyton, Américo, Mádson e Eliomara. Com Galego a PM encontrou um revólver Calibre .38, Taurus de nº 776753, 05 munições intactas e uma certa quantidade de maconha.
__________________________
Com informações e foto da assessoria de comunicação do 15º BPM.

COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: