quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Estudantes da UFMA de Bacabal realizam greve por melhor estrutura no campus

Os estudantes do Campus de Bacabal da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) decidiram entrar em greve nesta quarta-feira (4), por melhores condições de infraestrutura na instituição. Os alunos pertencem aos cursos de Ciências Humanas com habilitação em Sociologia e Ciências Naturais com habilitação em Física.

Compartilhe no Facebook


A greve também acontece em apoio a estudantes do campus da UFMA do Bacanga, na capital São Luís - MA, onde acadêmicos estão há dias em greve de fome e com as atividades paralisadas, lutando pela implantação do alojamento estudantil no próprio campus, cujo prédio foi construído para este fim mas que foi dado outra finalidade para o mesmo.

Os estudantes da UFMA de Bacabal pedem a implantação de uma biblioteca melhor estruturada, restaurante universitário, moradia para estudantes, dentre outros itens. Eles permanecerão em greve até a próxima semana, quando devem se reunir para votar e decidir se o movimento continua.

Outro aspecto que também prejudica os estudantes da UFMA de Bacabal é a falta de transporte coletivo, cuja prefeitura de Bacabal, administrada pelo pecuarista José Alberto Veloso, parece não ter o menor interesse para implantação desse serviço na cidade. Inúmeros estudantes já foram assaltados e perderam suas motocicletas a caminho da UFMA em Bacabal, muitos deles deixaram de estudar por falta de transporte.

COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: