segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Greve dos bancários do Maranhão chega ao fim

Os bancários da maioria das agências do Maranhão decidiram pelo fim da greve em assembleia realizada no início da noite desta segunda-feira (14), após 26 dias de greve. Em grande parte do país os bancários aceitaram as propostas, e estão voltando para o trabalho. E quem depende dos serviços de bancos, poderá voltar a usá-los normalmente.

Compartilhe no Facebook


No Maranhão, o Banco do Brasil, a CAIXA e os bancos privados voltam a funcionar, normalmente, a partir desta terça-feira (15), após 26 dias de greve. Apenas os bancos do Nordeste (BNB) e da Amazônia (Basa) mantêm a paralisação.

O Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb-MA) dará continuidade às negociações com a parte da categoria que permanece em greve. Entre as principais propostas, a Fenaban oferece reajuste de 8% para salários e benefícios e de 8,5% para o piso salarial.

Os bancários deflagraram a greve nacional no dia 19 de setembro, depois de rejeitarem a proposta anterior dos bancos, de 6,1% de reajuste sobre todas as verbas salariais. De acordo com a Seeb-MA, houve 80% de adesão da greve da categoria no Maranhão.

CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: