sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Acusados de assassinar empresário são presos em Bacabal e com eles, armas, munição e carro roubado

Uma operação conjunta do 7º e 15º Batalhão de Polícia Militar das cidades de Pindaré e Bacabal, respectivamente, culminou com a prisão na tarde do dia 24, na cidade de Bacabal, de quatro pessoas acusadas de assassinar no Pará, um empresário de Bacabal e seu funcionário. Com eles a polícia apreendeu armas de fogo, munições e um carro roubado em Viana - MA.

Compartilhe no Facebook


Foram presos o JOSÉ RODRIGO DE MELO, conhecido por Beto, 38 anos, natural do Estado de Pernambuco, atualmente com residência a Rua Nossa Senhora de Fátima, Bairro Almiro Paiva e da sua companheira LINDINALVA DA CONCEIÇÃO MACEDO, 26 anos, residente no mesmo endereço; JOÃO FILHO CUTRIM, 18 anos, também residente no Bairro Almiro Paiva e funcionário de BETO e ainda JUSCELINO TEIXEIRA, 29 anos, atualmente residindo na cidade de Pio XII – MA.

Com os mesmos a polícia apreendeu um Corsa Classic, preto, de placas NNF 6919, licenciado em nome de Carlos Alberto Fernandes Filho e tomado de assalto no último dia 21, na cidade de Viana - MA; 01 (uma) pistola, Taurus, calibre .380, de nº KDV81267; 01 (uma) pistola, calibre .22, Bersa, de nº 799365; 105 (cento e cinco) munições .380; 110 (cento e dez) munições, .22; 34 (trinta e quatro) munições .44; 02 (duas) munições .38; 01 (um) rifle .22; 01 (uma) luneta de alta precisão; 02 (duas) lanternas; 02 (dois) celulares; 01 (um) canivete; 02 (dois) carregadores .380; 01 (um) carregador .22; 01 (uma) carteira, tipo porta-cédulas; 01 (um) vidro de lubrificante para armas; 03 (três) relógios; 01 (um) carregador; R$ 129,00 (cento e vinte nove reais) em espécie; 01 (uma) fotografia de uma pessoa conhecida por Aiton Fogoió, conhecido por “Fogoió do Couro” morto a tiros juntamente com um segurança no último dia 02, no povoado Novo Paraíso, município de Piçarra, no Pará. Os corpos das vítimas e o carro em que andavam foram incendiados na ocasião.

No último dia 02, o veículo Corsa Classic foi tomado de assalto na cidade de Viana – MA, quando uma pessoa armada com rerevólver rendeu o proprietário e levou o seu bem. Apavorado o dono do carro começou a colher informações até chegar a um hotel onde o suposto assaltante teria se hospedado. No local conseguiu as imagens do circuito interno e colocou em um pendrive. Dado as instalações do hotel serem humildes o acusado não imaginava que possuía câmeras. Ao conversar com o Sargento Lima do 7º BPM da cidade de Pindaré e que reside na cidade de Pio XII, lhe relatou o fato e mostrou as imagens. De imediato o graduado reconheceu JUSCELINO TEIXEIRA o “Negão” que morava próximo a sua residência e que teria chegado há quatro meses.

De posse das informações uma guarnição composta pelo Sargento Lima,Tenente Aguiar e Cabo Fernando foram até a residência de Negão. Após algumas arguições este confessou o roubo do carro em Viana e que teria dado como pagamento de uma dívida no valor de R$ 10.000 (dez) mil reais. O carro estaria em posse de BETO na cidade de Bacabal. Que tinha sido ameaçado de morte pelo mesmo e num certo prazo se não pagasse a dívida ou entregasse um bem no valor aproximado seria morto.

Após a confissão foi dado voz de prisão a Negão. De imediato os policiais militares do 7º BPM se dirigiram a cidade de Bacabal para recuperarem o carro. No trajeto, Negão, teria confessado que BETO era muito perigoso, que se passava também como agiota, que tinha farto armamento e munição em sua casa e que era o responsável pelo assassinato de “Airton Fogoió” que era seu patrão no Estado do Pará. Diante da periculosidade de Beto os policais militares do 7º BPM procuraram o Tenente-coronel Egídio e pediram reforço para o êxito da missão. Negão resolveu colaborar e ligou para Beto dizendo que estava em Bacabal e precisava conversar com o mesmo, pois tinha uma parada de R$ 50.ooo,00 (cinquenta mil reais) para fazerem. Foi marcado o local do encontro num posto de gasolina que fica a margem da BR-316 no perímetro urbano de Bacabal. Lá os policiais permaneceram acampados das 13 até às 16h30min, quando Beto chegou no carro roubado. O mesmo foi imediatamente rendido e preso.

Após ser preso os policiais levaram Beto até a sua residência onde encontraram todo o armamento e munições já citadas. Beto nega todas as acusações. Participaram da operação o Tenente-coronel Egídio, Aspirante Nóbrega, Sargentos Fernandes e Oliveira, Cabos Gilton e Do Vale e Soldados Cleyton, Eliomara e Mádson (todos do 15º BPM), além do Tenente Aguiar, Sargento Lima e Cabo Fernando (todos do 7º BPM).
______________________________
Com informações e fotos da Assessoria de Comunicação da Polícia Militar de Bacabal


Airton Fogoió, empresário assassinado







João Filho

José Rodrigo

Juscelino

Lindalva
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: