segunda-feira, 29 de julho de 2013

Guardas municipais de Bacabal paralisam atividades por tempo indeterminado

Os guardas municipais de Bacabal paralisaram suas atividades na manhã desta segunda-feira (29) por tempo indeterminado. Eles pedem melhorias em suas condições de trabalho como aparelhamento, aprovação do plano de carreira, dentre outras. Uma lista de reivindicações, que pode ser lida mais abaixo, foi entregue à prefeitura de Bacabal.

Compartilhe no Facebook


Os guardas estão concentrados na sede do Departamento Municipal de Trânsito (DMT), na rua Frederico Leda, onde funcionava o antigo Tiro de Guerra. A Prefeitura de Bacabal decidiu que nesse local funcionaria o Corpo de Bombeiros, por isso o DMT seria transferido para o bairro Trizidela, no prédio onde funcionava a Força Tática e onde os bombeiros seriam instalados anteriormente. A mudança seria hoje, mas os guardas decidiram pela paralisação.
www.castrodigital.com.br
O atual prédio do DMT carece de reforma urgente, pois está quase caindo por cima dos guardas, conforme denúncia feita anteriormente, que pode ser acessada no link mais abaixo, com fotos. A prefeitura só decidiu reformá-lo depois que foi decidido que os bombeiros seriam instalados lá. Os guardas municipais precisam além de um prédio amplo, limpo e bem organizado, também de melhores condições salariais e de equipamentos, pois é possível ver guardas com fardas puídas e desbotadas a ponto de serem rasgadas.
www.castrodigital.com.br
LISTA DE REIVINDICAÇÕES DA GUARDA MUNICIPAL DE BACABAL

- Aprovação da Lei de Criação da Guarda Municipal;
- Implantação do Plano de Cargo, Carreira e Vencimento;
- Aprovação do Estatuto da Guarda Municipal;
- Renovação do Fardamento;
- Aparelhagem da Guarda Municipal;
- Permanência da Corporação no atual prédio;
- Adequação do Prédio à Guarda Municipal;
- Manutenção e aquisição de Viaturas e Moto Viaturas;
- Convênio com SENASP.
www.castrodigital.com.br
A lista foi protocolada na prefeitura mas o prefeito José Alberto Veloso não recebeu os manifestantes. Nesta terça-feira eles irão continuar a paralisação, com uma passeata até a prefeitura em forma de protesto e exigindo que o prefeito os receba para que seja iniciada a negociação e atendimento da lista de reivindicações. Os guardas recebem também o apoio dos escoteiros que estão sendo despejados do prédio.
www.castrodigital.com.br



Veja também:

Guardas municipais de Bacabal denunciam descaso da administração pública


COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

Um comentário:

  1. Os guardas de Transito estão de parabéns pela coragem. Não dá mais para ficar agido como se estivesse as mil maravilhas.

    Eu como cidadão, apoio a paralisação.

    ResponderExcluir