quarta-feira, 12 de junho de 2013

Comarca de Bacabal realiza primeiro curso de formação de conciliadores

O primeiro Curso de Formação dos Conciliadores na Comarca de Bacabal teve início na última segunda-feira (10). Sob a coordenação do Juiz Marcelo Silva Moreira, titular do Juizado Especial Cível e Criminal e Coordenador dos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) na comarca, o treinamento, que terá carga horária de 40h e certificado pela Escola Superior da Magistratura do Maranhão (ESMAM), tem por objetivo capacitar e habilitar os participantes a funcionarem como conciliadores e mediadores nos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania.

Em Bacabal, no mês de abril, foram instalados dois Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (clique para saber mais), numa parceria do Tribunal de Justiça do Maranhão com a Universidade Estadual do Maranhão e a Faculdade de Educação de Bacabal (FEBAC), cujos alunos dos cursos de Direito e Administração integrarão a primeira turma de conciliadores.

O curso, que se estenderá até o dia 21 deste mês, terá como instrutores, juízes e servidores, foi aberto nesta segunda-feira (10), às 19h, no salão do júri da comarca, com a palestra “A Política Pública de Tratamento Adequado dos Conflitos”, ministrada pelo Juiz Alexandre Lopes de Abreu, coordenador dos CEJUSC em São Luís. A abertura oficial do evento foi feita pelo presidente do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJMA, Des. José Luiz Oliveira de Almeida.
______________________
Com informações da Assessoria de Comunicação da CGJ-MA

COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: