quinta-feira, 9 de maio de 2013

MEC cria bolsas de R$ 400 e R$ 900 mensais para universitários de baixa renda

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta quinta-feira (9) a criação do Programa Nacional de Bolsa Permanência que dará bolsas mensais para estudantes das universidades federais com renda inferior a 1,5 salário mínimo, de cursos com carga horária de no mínimo cinco horas diárias.

A bolsa será de R$ 400 mensais. Para estudantes indígenas e quilombolas, o valor será de R$ 900. Os estudantes receberão um cartão do Banco do Brasil por onde deverão fazer o saque do dinheiro.

O programa será disponibilizado a partir da próxima segunda-feira (13). Primeiramente, as universidades terão acesso e poderão cadastrar os pró-reitores de cada área como interlocutores. A partir de então, os estudantes poderão se cadastrar, explica o secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Speller. As bolsas serão distribuídas conforme a necessidade de cada instituto.


Segundo Speller, o cadastramento será online, com duração permanente e atualizado a cada mês pelas universidades. O secretário disse que a bolsa deverá dar tranquilidade ao aluno que enfrenta dificuldades econômicas.

COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

Um comentário:

  1. Gostaria de saber se o IFMA se encaixa nesse programa do MEC, o meu curso é de alimentos.

    ResponderExcluir