segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Mega, novo site do criador do Megaupload, oferece 50GB de espaço grátis

O Mega é o novo site criado por Kim Dotcom, criador do Megaupload. O lançamento do Mega aconteceu neste domingo (20), na mansão de seu criador em Auckland, na Nova Zelândia. Seu antigo site, o Megaupload, saiu do ar há um ano, quando Kim foi preso e acusado de pirataria on-line pelas autoridades dos Estados Unidos.

Link para acesso ao site está mais abaixo. Ao acessar, se aparecer em inglês, é possível alterar o idioma no canto superior direito da página.

O Mega oferece 50 gigabytes (GB) de armazenamento gratuito, serviços de e-mail e de nome de domínios, acesso móvel e mensagem instantânea. Além do cadastro gratuito, o Mega oferece três pacotes de armazenamento entre 400 GB e 8 Terabytes (TB), com preços que vão de 20 a 30 euros mensais.

O novo portal de Dotcom se caracteriza por ter um sistema sofisticado para encriptar os arquivos, e conta com vários servidores em diversos países. Para isso, o portal de Dotcom se associou às empresas EuroDNS, com sede em Luxemburgo; a neozelandesa Digiweb e Instra, com escritórios em Auckland e Melbourne, para “assegurar a troca de arquivos encriptados em uma nuvem de armazenamento (virtual)”, segundo um comunicado de imprensa divulgado pelo Mega.

Os operadores do Mega não terão acesso aos arquivos dos usuários, prevenindo assim que sejam novamente responsabilizados por supostos delitos contra os direitos autorais, segundo informou a televisão estatal neozelandesa.

O portal entrou em serviço às 6h48 (horário local, 15h48 do sábado em Brasília), momento no qual se completava um ano desde que as forças de segurança zelandesas entraram na luxuosa mansão de Dotcom, nos arredores de Auckland, para detê-lo em resposta a um pedido do FBI.

Na operação, Dotcom e três sócios foram detidos, os EUA fecharam o Megaupload, e foram confiscados os bens, contas correntes do empresário alemão residente na Nova Zelândia, e foram feitas outras detenções na Europa.

Atualmente, Dotcom e seus três sócios, em liberdade condicional na Nova Zelândia, aguardam o início do processo de extradição solicitado pelos EUA, que foi adiado até agosto de 2013. Os EUA acusam o Megaupload de ter causado mais de US$ 500 milhões em perdas à indústria do cinema e da música ao transgredir os direitos autorais e obter, com isso, lucros de US$ 175 milhões.

Clique aqui para acessar o site Mega



________________________
Com informações da agência de notícias EFE.
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

Um comentário:

  1. O FECHAMENTO DO SITE NA ÉPOCA FOI MUITO DIFICIL PRA NÓS QUE SOMOS ADÉPTOS A FILMES DE BOM GOSTOS, RARIDADES QUE SÓ NESTE SITE A GENTE ENCONTRAVA, FICO MUITO CONTENTE DE PODER REVER E ME INSCREVER NO NOVO SITE QUE COM CERTEZA VAI TRAZER MUITA COISA QUE A TEMPOS NÃO SE VÊ PORAQUI, VALEU MESMO.

    ResponderExcluir