sexta-feira, 20 de julho de 2012

Operadoras de celular são campeãs de reclamações dos consumidores

As operadores de telefonia celular responderam por mais de 78 mil atendimentos nos Procons de todo o país no primeiro semestre deste ano de 2012, sendo a campeã em atendimentos nessas instituições, segundo informou o Ministério da Justiça nesta quinta-feira (19).

No período foram registradas 861.218 demandas de consumo no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), sendo que logo após a telefonia móvel, aparecem cartões de crédito, com mais de 74 mil atendimentos.

Os números consideram todos os tipos de atendimentos realizados pelos Procons, que vão desde o atendimento preliminar e a simples consulta até os processos administrativos que são instaurados, denominados como "reclamação" pelo Sindec.

De acordo com nota enviada à imprensa, considerando apenas as demandas da telefonia móvel, a Claro respondeu por 37,56 por cento do total, seguida pela Vivo, com 15,19 por cento, pela TIM, com 14,55 por cento, e pela Oi, com 14,44 por cento.

Na véspera, a Anatel anunciou sanções e exigências contra as operadoras Claro, TIM e Oi, em meio a crescentes reclamações sobre a qualidade do serviço das empresas.

A autarquia determinou na ocasião a supensão das vendas da TIM em 18 Estados mais o Distrito Federal, da Oi em cinco Estados, e da Claro em outros três Estados.

A Vivo não teve as vendas suspensas mas, assim como as demais, deverá apresentar um plano de qualidade em 30 dias.
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: