segunda-feira, 16 de julho de 2012

Crimes de agiotagem em Prefeituras do Maranhão serão investigados pela polícia

A Superintendência de Investigações Criminais (Seic) informou que, a partir desta semana, intensificará as investigação sobre a existência de crime de agiotagem entre empresários e Prefeituras do Estado do Maranhão. Para investigar as denúncias, há uma comissão constituída por quatro delegados e representantes do Ministério Público Estadual (MPE-MA).

O esquema de agiotagem entre empresários e prefeituras do Maranhão existe há anos, porém foram descobertas provas com a apuração do assassinato do jornalista Décio Sá, assassinado no dia 23 de abril.

As provas têmm por base a análise preliminar de documentos, cheques e notas de empenho apreendidos em poder de dois dos principais envolvidos no crime, os empresários
Gláucio Alencar Pontes Carvalho, de 34 anos, empresário do ramo de merenda escolar, conveniado a várias prefeituras no interior do estado, e o pai dele, José de Alencar Miranda Carvalho, de 72 anos, que seriam os mandantes do assassinato.

O subdelegado-geral de Polícia Civil, Marcos Affonso Júnior, disse que por enquanto não há como dimensionar a quantidade de municípios maranhenses envolvidos diretamente neste crime, mas os números são grandes.

"As investigações de forma mais intensa começaram há poucos dias, e por essa razão ainda não é possível calcular o número de pessoas e municípios envolvidos. O que se sabe é que a polícia já realizava o monitoramento dos casos de agiotagem, mas sem ainda ter a noção exata de quantas prefeituras estariam ligadas aos agiotas. Dessa vez, é diferente. Temos uma linha mais bem definida de investigação e vamos seguir com este trabalho”, afirmou o delegado.
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: