terça-feira, 5 de junho de 2012

Alternativas para poupar o meio ambiente

Para muita gente, levar uma vida mais sustentável soa a gastos extras para comprar alimentos orgânicos ou produtos mais ecológicos, por exemplo. Mas não tem que ser assim. O comportamento verde pode vir da simples redução do desperdício ou do consumo de energia: duas coisas que inevitavelmente ajudam a economizar dinheiro. Confira a seguir oito maneiras de poupar o meio ambiente e o seu bolso:

1 - Andar ou pedalar por distâncias curtas

Aí está uma das formas mais fáceis - e saudáveis - de ajudar o meio ambiente e de quebra economizar dinheiro. Ao invés de pegar o carro ou gastar com ônibus para ir a algum lugar próximo, como uma padaria ou supermercado, que tal realizar o mesmo caminho a pé ou de bicicleta? Assim, você minimiza gastos desnecessários com transporte (em SP, ida e volta de metrô ou ônibus não sai por menos de seis reais), pratica exercício físico e não polui o meio ambiente

2 - Ser vegetariano por um dia

Uma pesquisa recente mostrou que a produção de um quilo de carne bovina emite tanto CO2 quanto percorrer 1,6 mil quilômetros em um automóvel europeu médio. Obviamente, exigir que as pessoas deixem de comer carne para salvar o planeta não é uma medida de todo plausível. No entanto, uma redução mínima no consumo do produto, digamos ao menos uma vez na semana, ajudaria e muito. Propostas do tipo, encabeçadas por famosos, já mobilizam apoiadores em todo o mundo. É o caso da campanha Segunda Sem Carne, liderada na Europa pelo ex-Beatle Paul McCartney e lançada no Brasil em 2009. Os benefícios econômicos, embora não destacados por McCartney, são bem claros: carne custa caro no prato, logo ser vegetariano por um dia é economia garantida.

3 - Achatar (pra valer) o rolo de papel higiênico

É isso mesmo (por mais bizarro que pareça), achatar bem rolo de papel higiênico pode ajudar o planeta e você a poupar dinheiro. A explicação é simples. Ao achatar seu rolo de papel higiênico antes de colocá-lo no suporte, você torna mais difícil a "rolagem" do papel e por consequência diminui as chances de sair mais folhas do que necessário por ocasião de um puxão repentino. Assim, evita -se o desperdício de papel e de dinheiro.

4 - Dar carona para um colega de trabalho

O compartilhamento de carros é uma tendência crescente no mundo. Em alguns lugares na Europa e nos Estados Unidos, moradores de uma mesma quadra ou bairro simplesmente alugam seus carros - que ficam ociosos na maior parte do tempo - para os vizinhos cobrando pelas horas usadas. Se você não simpatiza com a ideia ou simplesmente não consegue se desapegar do quatro-rodas, há ainda a opção de dar carona para um colega de trabalho e lucrar com isso. Vocês podem combinar de rachar os gastos com gasolina. É ou não é uma ideia atraente?

5 - Usar lâmpadas mais econômicas

Opte sempre por lâmpadas fluorescentes, ou pelo menos as utilize em ambientes que necessitam de maior iluminação (duas lâmpadas fluorescentes de 20 watts iluminam mais e duram por mais tempo que uma incandescente de 100 watts). Dê preferência às que possuem o Selo Procel Inmetro de Desempenho. Desligue a iluminação de ambientes desocupados ou que seja estritamente decorativa.

6 - Levar garrafa retornável para o trabalho

Carregar consigo uma garrafinha retornável é uma opção barata e que contribui para preservação do planeta evitando o desperdício. Manter uma dessas na mesa do escritório substiui o uso de embalagens plásticas além de ser uma maneira de poupar dinheiro. Dando o exemplo, você ainda pode influenciar o colega ao lado e disseminar o consumo sustentável.

7 – Espantando os "vampiros” de casa

O modo de espera passiva "standby" dos equipamentos pode muitas vezes desperdiçar energia sem que a gente perceba. Esse consumo de energia é conhecido como "vampirização" e na prática pode responder por até 30% da conta de luz. Por isso, em casa ou no escritório, lembre sempre de tirar os aparelhos eletrônicos da tomada quando estão fora de uso, principalmente televisão, aparelhos de DVD/Blue-Ray e de som.

8 - Chuveiro elétrico

Nos dias quentes, use o chuveiro com a chave na posição verão. Na posição inverno o consumo de energia é 30% maior. Nunca reaproveite resistência queimada, pois aumenta o consumo de energia e não é seguro. Estude a possibilidade de instalar um aquecedor de água por energia solar, que, atualmente, possuem preços mais acessíveis e dispensam grande manutenção. Para baixar o consumo de energia – e de água -– tente reduzir a duração do banho de 20 a 40%.
________________
Referência: Info.
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: