quinta-feira, 31 de maio de 2012

Retrato falado do assassino de Décio Sá

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) divulgou na tarde desta quinta-feira (31) o retrato falado do suposto assassino do jornalista e blogueiro Décio Sá. A divulgação foi na sede da SSP-MA, no bairro Outeiro da Cruz, em São Luis - MA.

O assassinato do jornalista e blogueiro Décio Sá aconteceu no dia 23 de abril deste ano, em um bar na avenida Litorânea. Ele foi executado com cinco tiros de pistola .40.

O secretario de segurança Aluísio Mendes, afirmou que a demora na divulgação do retrato falado foi um consenso da equipe de delegados responsável pela investigação do caso. Foram ouvidas várias testemunhas para a produção do retrato falado e, segundo o secretário, algumas delas se contradiziam na hora do depoimento.

Ao ser questionado sobre o andamento das investigações, o secretário disse que para não atrapalhá-las, prefere continuar em sigilo sobre o assunto.

Informações que levem a prisão dos envolvidos na morte de Décio Sá podem ser repassadas para o Disque Denúncia pelos telefones 3223-5800 (São Luís) e 03003135800 (no interior), que está oferecendo a recompensa de R$ 100 mil pela denúncia que leve a elucidação do crime.

VEJA ABAIXO O RETRATO FALADO DO ASSASSINO DO JORNALISTA E BLOGUEIRO DÉCIO SÁ

Retrato falado do suposto assassino do jornalista e blogueiro Décio Sá

COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: