segunda-feira, 19 de março de 2012

Pesquisa lista profissões em alta até 2020

Uma pesquisa realizada em todo país pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), denominada "Perspectivas estruturais do mercado de trabalho na indústria brasileira" mostra que, até 2020, nosso mercado seguirá aquecido, com ritmo de contratações alto nas áreas extrativa, de transformação e construção civil.

A pesquisa listou diversas profissões que estarão em alta em oito anos. No Top 3 estão supervisor de produção em indústrias de transformação de plástico, engenheiro de petróleo e técnico em sistemas de informação. As profissões incluem formação em níveis técnico e superior.

TOP 15 DAS PROFISSÕES QUE ESTARÃO EM ALTA ATÉ 2020

1. Supervisor de produção na indústria da transformação de plástico
2. Engenheiro (petróleo)
3. Técnico em tecnologia da informação (TI)
4. Técnico para o setor de superfícies de metais
5. Engenheiro de mobilidade (área de transporte)
6. Mecatrônica (técnico)
7. Biotecnologista
8. Engenheiro ambiental e sanitário
9. Desenhista técnico em eletricidade, eletrônica e eletromecânica
10. Técnico em operação e monitoração de computadores
11. Administrador de redes e banco de dados
12. Engenheiros cartográfico e agrônomo
13. Técnico em eletromecânica
14. Instalador de linhas e cabos elétrico e telefônico
15. Preparador de pasta para fabricação de papel
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: