segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Erros e falhas na correção da redação do ENEM, quem se responsabiliza?

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), atualmente é usado em substituição ao vestibular tradicional por 95 universidades públicas como critério para ingressar num curso de nível superior. Isso faz com que o ENEM torna-se o maior processo seletivo do Brasil. Mas os diversos erros e falhas durante sua execução, fazem com que estudantes de todo país questionem sua idoneidade.

Nas três últimas edições, o ENEM foi realizado com diversos problemas. Em 2009, houve furto de provas da gráfica; em 2010, problemas com a impressão dos cadernos de provas; e, em 2011, vazamento de questões em uma apostila distribuída a estudantes de um colégio em Fortaleza. E ainda na edição do ENEM de 2011, diversos erros e falhas gravíssimos na correção das redações, assunto principal deste artigo.

COMO É A CORREÇÃO DA REDAÇÃO DO ENEM?

Todas as redações são digitalizadas, ou seja, escaneadas. As versões digitalizadas são enviadas para dois corretores diferentes que a corrigem e, a nota da redação é a média da nota desses dois corretores. Se as duas notas forem muito distantes, um terceiro corretor faz a correção, prevalecendo a terceira nota e anulando a média das duas primeiras.

COMO SÃO OS ERROS E FALHAS NA CORREÇÃO DO ENEM?

Veja dois casos de erros na correção do ENEM 2011:


No primeiro, um estudante do Colégio Lourenço Castanho, de São Paulo, considerado o melhor aluno de sua turma, tirou zero na redação do último ENEM. Em resposta a um pedido de esclarecimento formulado pela escola, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) alegou que a prova havia sido anulada por "conter impropérios". E, quando o estudante e seus professores solicitaram cópia da prova, o MEC se negou a fornecê-la, mas aumentou a nota de zero para 880 pontos.

No segundo caso, uma professora de um cursinho de Campinas, que se inscreveu no ENEM de 2011 só para obter o caderno de questões, entregou em branco os cartões de resposta e, mesmo assim, obteve em todas as provas - com exceção da de matemática - notas maiores do que as notas mínimas divulgadas pelo Inep. "Nos dois dias, assinei meu nome, respondi à frase de verificação de presença e dormi", relatou. Ela pediu esclarecimento sobre os critérios de correção e a resposta do MEC veio com erros de português.

MAS COMO E POR QUE ACONTECEM ESSES ERROS DE CORREÇÃO DO ENEM?

Foi confirmado que um dos candidatos que pediu a revisão da nota da redação, teve uma falha no processo de digitalização da sua redação. Ao ser digitalizada, a folha da redação foi enviada em branco para um dos corretores, o sistema simplesmente não digitalizou nada do que ele escreveu. Dessa forma, o corretor ao ver a folha de redação em branco, como se o candidato não tivesse escrito nada, deu nota zero.

Agora imaginem, quantos candidatos podem ter tido esse mesmo problema na digitalização da sua redação? Simplesmente não dá para imaginar, mas pelas inúmeras reclamações que eu vi, imagino que tenha sido muitos.

Outro erro é a forma de pagamento dos corretores. Por cada redação corrigida, um corretor ganha R$ 1,60. Em média, cada corretor corrigiu 3 mil redações, ganhando cerca de R$ 5 mil. Isso faz com que o corretor não tenha a devida atenção aos critérios adequados de correção, considerando que, quanto mais redações corrigidas, mais dinheiro ele vai ganhar.

FINALMENTE, QUEM SE RESPONSABILIZA PELOS ERROS E FALHAS NA CORREÇÃO DAS REDAÇÕES DO ENEM?

Por causa de erros na correção da redação, diversos alunos pediram na justiça a revisão na correção da redação. A princípio o MEC se recusou, mas depois alterou a nota da redação de 129 candidatos que fizeram o ENEM 2011.

Mas e os outros candidatos? Aqueles que não têm condição de contratar um advogado para pedir revisão da correção? Estes simplesmente têm que contar com a própria sorte e esperança para que na próxima edição tenham um resultado melhor.

Esses erros de correção atrapalharam a vida de diversos estudantes que participaram dos processos seletivos do Sistema de Seleção Unificado (SiSU) e Programa Universidade Para Todos (PROUNI).

Lamentável que erros como esses aconteçam num processo seletivo tão importante como o ENEM, capaz de mudar a vida de milhões de pessoas!
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: