quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Negociação fracassa e PMs do MA continuam a greve junto com os policiais civis

Policiais militares e bombeiros do Maranhão rejeitaram nesta quarta-feira (30) uma proposta para encerrar a greve que já dura uma semana. A proposta foi apresentada em reunião na sede local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MA) que fez é mediadora da negociação, a reunião durou três horas, mas terminou sem previsão de fim para a greve.

O Governo do Maranhão fez uma proposta de reajuste de 10,1% e vale alimentação de R$ 250 para encerrar a greve, que acontece desde quarta-feira (23). Mas os grevistas rejeitaram a oferta e a greve vai continuar. PMs e bombeiros reivindicam 30% de reajuste e outros benefícios. Os policiais exigem um reajuste escalonado de R$ 2.240,00 para R$ 3.891,00. O secretário de Programas Especiais do Maranhão, João Alberto, que se colocou como mediador do impasse a favor do governo, afirmou que não há mais como avançar.

Uma nova reunião de negociação está marcada para a próxima sexta-feira (2). Na terça-feira (29) também houve reunião na OAB sem sucesso e quase que os PMs perdem o apoio dos policiais civis. Marcelo Penha, diretor de comunicação do sindicado dos policiais civis, disse que ontem durante a reunião de negociação foi tratado somente do atendimento às reivindicações dos militares. Segudno ele, quando questionou o fato de que não estavam sendo deliberados assuntos dos policiais civis, recebeu como resposta de João Alberto que o Governo não sabia de nada e que justamente por isso ele não levou nenhuma proposta.

Os policiais civis chegaram anunciar que continuariam em greve porém sem apoiar os PMs, mas depois de muita conversa e negociação, decidiram permanecer acampados na Assembléia Legislativa do Maranhão juntamente com os policiais e bombeiros militares em greve por tempo indeterminado.
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: