segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Portal Castro Digital ajuda na prisão de assassino em São Paulo

O delegado Rodrigo Silva do 7° DP da Lapa em São Paulo, entrou em contato afirmando que o site Castro Digital ajudou na prisão do assassino Kennedy Alves da Silva que matou a professora Eunice das Chagas Rêgo em Bacabal. O delegado também contestou a informação de que a prisão não se deu diretamente graças ao trabalho da polícia colocada no início da reportagem sobre a prisão do assassino, para o delegado, a investigação da polícia foi sim de extrema importância.

O delegado disse que Kennedy se apresentou ao DP auto acusando-se de ter matado a professora Eunice, no entanto como ele estava sem documentos e devido a dificuldades como por exempolo o fato dos sistemas de arquivos de outros estados não serem totalmente interligados, o delegado e sua equipe a princípio tiveram dificuldade para conprovar a identidade de Kennedy e a história que ele estava contando.

Foi então que o delegado e sua equipe recorreram à internet e ao pesquisar, encontraram a notícia - Professora é morta e degolada em Bacabal - publicada pelo Portal Castro Digital.

"Os policiais efetuaram busca em motor de busca da internet, chegando a encontrar a pagina do CastroDigital descrevendo o crime, com a foto do suspeito. Devo ressaltar que foi de fundamental importância, pois foi no site que pudemos identificar o nome do Delegado de Polícia responsável pelo caso, e efetivamente, por telefone, confirmar o caso com o Dr. Jader Alves.", afirmou o delegado Rodrigo Silva.

Confirmada a veracidade do fato e visualização da foto de Kennedy através do Portal Castro Digital e posteriormente, da existência de um mandado de prisão contra Kennedy, o delegado fez a prisão do mesmo e registrou um boletin de ocorrência em que consta o nome do site como contribuinte na prisão do assassino.

DELEGADO AFIRMA QUE TRABALHO DA POLÍCIA FOI FUNDAMENTAL

No início da reportagem sobre a prisão de Kennedy, eu disse que a prisão não se deu exatamente graças ao trabalho de investigação da polícia. O delegado Rodrigo Silva contestou esta informação.

"Devo ressaltar a importãncia do trabalho do Dr. Jader no atendimento do crime quando ocorreu, bem como pela sua presteza em ajudar este Delegado de São Paulo. Em que pese, de fato, Kennedy ter se apresentado espontaneamente, não se pode manter uma pessoa em custódia sem mandado de prisão, assim, só pudemos encarcerá-lo visto que a Autoridade Policial do Maranhão já havia representado pela prisão de Kennedy, e esta já havia sido deferida pelo Mm. juiz de direito, não fosse isto, Kennedy não poderia ficar custodiado, assim ressalto que Dr. Jader CONSEGUIU o mandado de prisão no dia seguinte ao crime.", afirmou o delegado Rodrigo Silva.

O delegado ressaltou também que a prisão do assassino só foi possível devido ao esforço e dedicação de todos os envolvidos.

O delegado Rodrigo está correto em todas suas afirmações. No entanto, quando afirmo que a prisão não se deu diretamente graças ao trabalho da polícia, estou embasado em falta de recursos por que passa os orgãos de segurança. O próprio delegado Rodrigo afirmou que os sistema de arquivos estaduais não são totalmente interligados, assim, se não fosse o site Castro Digital, ele certamente teria demorado mais tempo para confirmar o que Kennedy estava falando e se inteirar dos detalhes do crime.

Como Kennedy estava foragido, as únicas formas de ser preso era se entregando á polícia - foi o que ele fez - ou se envolvendo em alguma confusão ou parado em barreira sendo necessário a revelação do seu nome completo e uma busca por foragidos feita pela polícia. A autoridade policial de Bacabal jamais teria condição de sair pelo Brasil a procura de Kennedy.

Sobretudo, o mais importante, o assassino está preso e com a contribuição do Portal Castro Digital, algo que foi uma surpresa para mim.
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: