terça-feira, 18 de outubro de 2011

Seduc-MA realiza Fórum Estadual de Educação 2011

A Secretaria de Estado de Educação do Maranhão (Seduc-MA), em parceria com órgãos governamentais e não governamentais, entidades e os movimentos sociais, realizou nesta terça-feira (18), no Palácio Henrique de La Rocque em São Luis - MA, o Fórum Estadual de Educação (FEE) que abordou a temática “O Fórum Nacional de Educação na Implementação do Plano Nacional de Educação”.

A abertura do evento teve a participação do vice-governador, Washington Luiz; do secretário de Educação, João Bernardo Bringel; do coordenador local do FEE, Fernando Silva; do diretor de Programas da Secretaria-Adjunta do Ministério da Educação (MEC), Arlindo Queiroz, que também representou o Fórum Nacional de Educação (FNE); do reitor do IFMA, José Costa; e demais autoridades na área da educação no Maranhão.

O FEE se consolidou como uma instância de diálogo e articulação horizontal entre organismos da sociedade civil em prol de uma educação com qualidade social, que tem como finalidade acompanhar o desenvolvimento da educação a partir do PNE.

Para Fernando Silva, o FEE terá um grande desafio no Maranhão. Segundo ele, “é necessário que venhamos a modificar os nossos índices educacionais e, esse espaço que estamos discutindo hoje, irá instalar um plano de educação para o nosso estado. Esse Fórum vai congregar e discutir propostas efetivas que venham a ser executadas na educação do Maranhão para os próximos 10 anos.

INCLUSÃO

Muitas ações estão sendo planejadas e trabalhadas pelo Governo do Estado no intuito de melhorar a educação no Maranhão. Nesse contexto, estão sendo realizadas formações continuadas de diversos profissionais de educação, além da parceria entre a Seduc, MEC/Pnud, que tem como finalidade, apresentar um diagnóstico sobre a real situação educacional do estado, propondo, ao final, caminhos a serem percorridos, a partir de ações exitosas em outros estados da federação, os quais passaram pelos mesmos problemas que o Maranhão.

De acordo com o secretário de Educação, João Bernardo Bringel, a instalação desse Fórum traz ganhos significativos para todos os agentes participantes da educação no Maranhão. Segundo o secretário, é importante pensar no modelo de educação inclusivo, aquele que proporciona aos jovens um ambiente de aprendizado, mas que trabalha a formação do aluno na sua concepção de cidadão consciente dos seus direitos e deveres.

“Esse Fórum está discutindo as diretrizes para melhorar a educação para os nossos alunos. Temos que trabalhar mecanismos que possam garantir aos nossos jovens uma educação inclusiva e de qualidade, para que venhamos a possibilitar a construção de cidadãos mais conscientes através de um sistema educacional mais sólido e coeso”, comentou.

Para o vice-governador Washington Luiz, esse momento de realização do FEE culmina com o processo de desenvolvimento que o Maranhão vem passando. Segundo ele, é de grande importância essa discussão, justamente quando “grandes empreendimentos estão chegando ao nosso estado e ações como essas, que estamos presenciando hoje, reforçam o compromisso do governo em ofertar uma educação de qualidade, capacitando nossa gente para ocupar os novos postos de trabalho que estão se instalando aqui”, ressaltou.

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

No que tange a participação de vários atores educacionais na formatação e discussão do FEE, o reitor do Instituto Federal do Maranhão (Ifma), José Costa, argumentou ser de grande valia para a educação do Maranhão a discussão de diretrizes para o melhoramento do sistema educacional como um todo, observando as discussões desse modelo a partir do Plano Nacional de Educação (PNE). Segundo José Costa, esse momento traz conceitos significativos para a política que vem sendo empregada na educação profissional e tecnológica do Maranhão.

“Nós que fazemos a educação profissional do Maranhão, nos sentimos incluindo nas grandes discussões do governo federal. O Ifma hoje é, também, uma instituição de nível superior que contribuir com a formação de novos professores para o Estado do Maranhão. O Ifma se coloca como um parceiro neste fórum participando de todas as discussões que venham formatar o melhor modelo para construção do plano nacional e estadual de educação,” salientou.

FÓRUM

O Fórum Nacional de Educação (FNE) é reivindicação histórica da comunidade educacional, e tem como responsabilidade a interlocução entre a sociedade civil e o estado brasileiro. O Fórum Nacional é fruto da deliberação da Conferência Nacional de Educação (Conae 2010), e tem por finalidade coordenar as conferências nacionais de educação, acompanhar e avaliar a implementação de suas deliberações, além de promover as articulações necessárias entre os fóruns de educação dos municípios, estados e Distrito Federal.

Para o representante do FNE, Arlindo Queiroz, essas discussões devem ser permanentes, por conta desse entendimento, estão sendo instalados os Fóruns Estaduais de Educação. Ainda de acordo com ele, desde o governo do ex-presidente Lula, se começou a pensar em modelos de políticas educacionais integradas, ou seja, a construção de um grande campo de discussões em torno de questões que envolvessem caminhos a serem percorridos no sentido de melhorar a educação pública no Brasil.
________________
Referência: informações da Assessoria de Comunicação do Governo do Maranhão.


RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: