domingo, 21 de agosto de 2011

Bancos perdem R$ 685 milhões com fraudes eletrônicas

Fraudes bancárias eletrônicas pela internet geraram prejuízo de R$ 685 milhões para os bancos brasileiros no primeiro semestre do ano, segundo dados da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) divulgados nesta sexta-feira.

As perdas representam um aumento de 36% frente ao mesmo intervalo do ano anterior, quando as fraudes geraram prejuízo de R$ 504 milhões, de acordo com a entidade que representa os bancos.


Os principais motivos apontados pela entidade para o aumento das fraudes foram o crescimento crescente de pagamentos por meios eletrônicos, a falta de legislação em vigor para inibir a ação dos criminosos e o descuido de usuários.

"Por meio da exploração da curiosidade ou da ingenuidade dos usuários da internet, os criminosos conseguem instalar programas clandestinos nos seus computadores. Por isso os bancos procuram conscientizar seus cliente e publicar dicas de segurança em seus sites", disse a entidade, em nota.
________________
Referência: Terra.


RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK
CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER AVISOS DE NOVAS POSTAGENS
Preencha seu e-mail abaixo, em seguida acesse seu e-mail e procure na sua caixa de entrada ou lixo/spam uma mensagem com o assunto Activate your Email Subscription to: Nova postagem no Castro Digital, abra e clique no link de confirmação.



COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Os comentários devem ser relacionados com o assunto da matéria. Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: