segunda-feira, 2 de maio de 2011

Morte de bin Laden vira isca para vírus na internet

A morte do terrorista Osama bin Laden, que ocorreu no domingo (1º), como é normal em todo grande acontecimento mundial, está sendo usada como isca para criminosos virtuais disseminarem vírus na internet. Entre as pragas disseminadas estão um antivírus fraudulento e um ladrão de senhas bancárias brasileiro.

O vírus brasileiro está sendo enviado por e-mail com o assunto “veja vídeo em que Osama bin Laden aparece segurando jornal com data de hoje e desmente sua possível morte relatada por Obama”. O conteúdo da mensagem é um único link que, superficialmente, aparece apontar para uma página do G1. No entanto, o link verdadeiro vai para outro site, em que o usuário será infectado por vírus capaz de monitorar o acesso a sites de bancos para roubar informações.


A fabricante russa de antivírus Kaspersky Lab divulgou a existência de uma campanha criminosa envolvendo termos de pesquisa no Google pela morte de Osama. O objetivo é instalar um antivírus fraudulento no PC das vítimas. Esse tipo de praga se disfarça de antivírus e dificulta o uso do computador até que o usuário pague para “consertar” o problema que ele mesmo criou.

Pesquisas como “osama bin laden body” (corpo de Osama bin Laden) no Google Imagens também estão levando os usuários para sites com vírus. Com certeza outros tipos de pragas estão sendo divulgadas e criadas, por isso, desconfie sempre!


RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: