quinta-feira, 14 de abril de 2011

Prefeitura de Bacabal sabota evento de deputados

O deputado estadual Carlinhos Florêncio e o deputado federal Zé Vieira, pretendiam realizar um grande evento para comemorar o aniversário de 91 anos de Bacabal. Mas tiveram seus planos frustrados pela Prefeitura da cidade.

Os deputados fariam uma grande ação social, com muitos eventos, desde práticas de diversos esportes, até consultas em várias áreas médicas de graça para toda população. O evento aconteceria no domingo (17), dia do aniversário de 91 anos da cidade, na praça Santos Dumont, popularmente conhecida como praça do Hospital Bom Pastor.


Mas o prefeito Raimundo Nonato Lisboa proibiu os deputados de ocuparem a área da praça para o evento. A alegação é de que o local seria usado pela programação oficial da prefeitura em comemoração ao aniversário da cidade. Mas o evento mais próximo acontecerá no SAMU, que fica a cerca de 200 metros da praça.

Para alguns podem até achar estranha a atitude do prefeito Lisboa em proibir o uso da praça. Mas se Zé Vieira fosse o prefeito, teria feito o mesmo e não permitiria que um adversário político realizasse um evento que concorresse com os eventos oficiais do aniversário da cidade. Conclusão: Lisboa aprendeu muito bem com Zé Vieira.


RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK

CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: