segunda-feira, 11 de abril de 2011

Empresa quer montar escritório com mulheres nuas

A empresa inglesa de software Buckinghamshire está se preparando para contratar mulheres que saibam programar aplicativos para web, e que estejam preparadas para trabalhar nuas. Esse seria o primeiro escritório de uma organização focada em programação no modelo naturista.

O porta-voz da organização, Chris Taylor, diz que o mercado não vê a iniciativa com bons olhos. "Porque ele é o primeiro estabelecimento do mundo, é difícil para anunciar - muitos parecem confundir a questão de estar sem roupa como sendo um lugar sem preocupações com a liberdade pessoal, onde o sexo é fundamental em suas muitas formas variadas”.

A equipe será formada tanto por homens como mulheres. "Sexo não tem um papel no naturismo. - sim, é preciso estar consciente das diferenças de sexo e tamanho, forma e idade de todos, mas a preocupação é sobre as vendas e capacidade técnica, não disponibilidade", comentou Taylor.

O anúncio no site da Buckinghamshire diz: "Novos candidatos serão obrigados a trabalhar nu a partir do momento em que chegam ao escritório até que o deixem para voltar para casa”. Vale lembrar que os clientes não possuem contato direto com a equipe de vendas, apenas por telefone ou email.
________________
Referência: Tecmundo.


RECOMENDE ESTA NOTÍCIA PARA SEUS AMIGOS NO FACEBOOK
CADASTRE SEU E-MAIL E RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO SITE
COMENTE ESTA NOTÍCIA COM SEU PERFIL DO FACEBOOK OU SE PREFERIR, MAIS ABAIXO COM SEU PERFIL DO GOOGLE/BLOGGER - REGRAS: Não é permitido comentário sem identificação. Comentários feitos com conta Fake ou conta do Google do tipo Unknow (Desconhecido) não serão publicados. Todos os comentários são moderados previamente, por isso, não repita o mesmo comentário, pois ele só vai aparecer aqui após aprovação. Comentários com acusações e/ou palavras de baixo calão também serão imediatamente deletados e, se for o caso, o perfil pode até ser banido e não mais permitido que publique nenhum comentário. Também não é permitido comentário com nenhum tipo de publicidade.

0 comentários: